fbpx

Prêmios de títulos do Tesouro Direto recuam nesta sexta-feira

(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentavam queda na tarde desta sexta-feira (29).

O título indexado à inflação com vencimento em 2035 pagava uma taxa anual de 3,60%, ante 3,63% na tarde de ontem. O juro pago pelo mesmo papel com prazo em 2026, por sua vez, cedia de 2,76% para 2,74% ao ano.

Entre os prefixados, o papel com vencimento em 2026 oferecia uma taxa anual de 7,00% nesta tarde, contra 7,06% anteriormente. Já o Tesouro Prefixado com juros semestrais 2031 pagava 7,57% ao ano, ante 7,65% a.a. anteriormente.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra nesta sexta-feira (29):

Fonte: Tesouro Direto

Coronavírus no Brasil

Na cena doméstica, as atenções recaíram hoje sobre o aumento do número de casos de coronavírus e sobre as dúvidas com relação à implementação de programas de vacinação no país.

Ontem, o Brasil registrou 1.439 óbitos pela doença, o terceiro maior número desde o início da pandemia.

Também na quinta, o governo dos Estados Unidos anunciou o envio de ajuda, em montante acima de US$ 300 mil, ao Amazonas para lidar com o colapso hospitalar no estado.

Já o governo do Estado de São Paulo pediu por ofício enviado na quarta (27) ao Ministério da Saúde a autorização para usar todo o seu estoque de doses da CoronaVac para aplicar apenas a primeira dose da vacina, sem que haja uma reserva equivalente para a aplicação da segunda dose.

O objetivo é garantir a imunização de um número maior de pessoas, em um tempo menor, com os estoques disponíveis.

Na quinta-feira, o Ministério da Saúde afirmou que não há evidência científica de que a ampliação do intervalo ofereceria a proteção necessária para a população, e pediu que estados sigam a orientação. O Ministério, entretanto, não deixou claro se irá atender ao pedido feito pelo governo paulista.

Foram anunciadas hoje as datas para a próxima fase de vacinação contra a Covid-19, pelo Plano Estadual de Imunização. Segundo o governador João Doria (PSDB), a vacinação para idosos acima de 90 anos será iniciada no dia 8 de fevereiro. Em seguida, a partir do dia 15 de fevereiro, começa a imunização dos idosos de 85 a 89 anos.

Leia também:
• Mercado global de ações está com “cara de bolha”, na visão do gestor Roberto Vinhaes

No âmbito político, o Planalto liberou R$ 3 bilhões para 250 deputados e 35 senadores realizarem obras em seus redutos eleitorais, de forma a eleger candidatos apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro para as presidências das Casas do Congresso, reportou o jornal O Estado de S. Paulo.

O governo também vem oferecendo cargos a quem apoiar os nomes do governo, segundo parlamentares ouvidos pelo jornal.

Com relação à extensão dos benefícios para minimizar os impactos da crise, Bolsonaro afirmou ontem, durante live nas redes sociais, que prorrogar o auxílio emergencial seria um “desastre” que poderia “quebrar o Brasil”.

“Nossa capacidade de endividamento chegou ao limite. Ficamos cinco meses com R$ 600 e mais quatro com R$ 300. Lamento, o pessoal quer que continue. Vai quebrar o Brasil. Vem inflação, descontrole da economia, vem um desastre atrás disso e todo mundo vai pagar caríssimo”, afirmou.

Cena externa

No exterior, além do caso Reddit em Wall Street, com disputa entre grupos de investidores individuais e hedge funds, os mercados aguardaram novas informações sobre o pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão prometido pelo presidente Joe Biden, nos Estados Unidos.

Destaque ainda para a notícia de que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Novavax teve 89,3% de eficácia nos testes conduzidos no Reino Unido, e se mostrou quase igualmente eficaz no combate à nova cepa do coronavírus descoberta inicialmente no país.

Também no noticiário de vacinas, as tensões entre a farmacêutica AstraZeneca e a União Europeia continuam. Ontem, o bloco alertou que usaria todo o poder legal possível para evitar exportações, a não ser que a empresa se comprometesse a fornecer as vacinas acordadas.

Quer ser trader e tem medo de começar? O InfoMoney te ajuda a chegar lá: participe do Full Trader, o maior projeto de formação de traders do Brasil e se torne um faixa preta em 3 meses – inscreva-se de graça!

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais