fbpx

Prêmios de títulos do Tesouro Direto recuam nesta sexta-feira

(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto recuavam na tarde desta sexta-feira (4).

O título com retorno prefixado e vencimento em 2026 pagava 6,40% ao ano nesta tarde, ante 6,46% a.a. na quinta-feira (3). O prêmio pago pelo mesmo papel com prazo em 2023, por sua vez, recuava de 4,08% para 4,04% ao ano.

Entre os títulos indexados à inflação, os papéis com vencimento em 2035 e 2045 ofereciam uma taxa anual de 3,67%, frente 3,69% ao ano. Já o juro oferecido pelo Tesouro IPCA+ 2026 era de 2,34%, ante 2,40% a.a. anteriormente.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta sexta-feira (4):

Fonte: Tesouro Direto

Cena política

No Brasil, os investidores monitoraram hoje o desgaste no relacionamento entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ontem, Maia declarou que passará a se comunicar sobre votações importantes com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Isso porque, segundo Maia, Guedes proibiu o diálogo dele com os secretários da área econômica.

Ainda no âmbito político, continuou a repercutir hoje a reforma administrativa, enviada ontem ao Congresso. A proposta traz pontos positivos, mas não tem efeitos sobre os atuais servidores e depende de novas regulamentações para mudar outras regras.

Nova queda da Selic em setembro?

Para o diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, é possível, mas improvável.

Segundo ele, o forward guidance (prescrição futura) diz que não haverá elevação da Selic a menos que condições não sejam cumpridas. “É improvável que tenha nova queda de juros. Se acontecer, ela será pequena”, salientou durante evento transmitido pela internet.

Um novo corte demandaria, de acordo com Kanczuk, a confiança do BC de que o sistema financeiro está adaptado às novas condições de juros baixos.

“Estamos olhando tudo e não está tendo problema nenhum. Se tivesse, já estaríamos atuando”, afirmou. “É mais uma questão de cautela, de conservadorismo”, acrescentou, em referência às preocupações de que uma Selic tão baixa possa prejudicar o funcionamento de alguns mercados.

Quadro internacional

No ambiente externo, as atenções recaíram hoje sobre os dados de emprego nos Estados Unidos.

Em agosto, o país registrou a criação de 1,37 milhão de vagas, pouco acima da mediana das expectativas dos economistas consultados pela Bloomberg, que apontava para geração de 1,35 milhão de postos de trabalho no período.

Ainda de acordo com o Departamento de Trabalho dos EUA, a taxa de desemprego na maior economia do mundo ficou em 8,4%, ante estimativas de que caísse de 10,2% para 9,8%.

Essa foi a quarta queda mensal seguida da taxa, que atingiu seu pico de 14,7% em abril. O número de desempregados caiu em 2,8 milhões, para 13,6 milhões de pessoas.

Ainda nos EUA, o presidente Donald Trump, afirmou ontem que o mercado acionário do país continua em trajetória positiva, apesar da forte queda registrada.

Durante discurso a partidários em Latrobe, Pensilvânia, um dos Estados cruciais para a disputa eleitoral, Trump disse que o recuo desta quinta foi fruto da realização de lucros e comentou que também “alguém disse algo estúpido”.

A declaração foi vista como uma referência ao diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci.

Mais cedo, Fauci disse que uma vacina para covid-19 pronta já em outubro seria algo “concebível”, mas não considerou isso provável, sugerindo que meses posteriores seriam mais factíveis.

Regra dos 10 tiros: aprenda a fazer operações simples que podem multiplicar por até 10 vezes o capital investido. Inscreva-se!

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!