fbpx

Prêmios de títulos do Tesouro Direto têm alta nesta terça-feira

(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentavam alta na tarde desta terça-feira (25), em meio ao adiamento do novo plano econômico, e em dia de divulgação da prévia da inflação oficial de agosto.

A expectativa do mercado, de que fosse anunciado hoje o megapacote de medidas sociais e econômicas, chamado de “big bang”, foi frustrada pelo governo, devido à falta de consenso sobre o valor do Renda Brasil.

Apenas o “Casa Verde-Amarela“, que é uma reformulação do programa “Minha Casa, Minha Vida”, foi anunciado nesta terça-feira. A principal mudança proposta é a redução das taxas de juros, que serão ainda menores para estados das regiões Norte e Nordeste do país.

Entre os indicadores, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – Base 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, subiu 0,23% em agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O dado, que usa como referência o período de 15 de julho a 13 de agosto, comparados com 16 de junho a 14 de julho, veio em linha com a expectativa mediana dos economistas consultados pela Bloomberg.

No ano, o indicador acumula alta de 0,90% e, em 12 meses, de 2,28%.

Limite de queda da Selic

Ainda no âmbito doméstico, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou ontem que a economia brasileira precisa, neste momento de crise, de “muito estímulo”. Ao mesmo tempo, repetiu que há uma limitação para a queda de juros no Brasil.

Em sintonia com as comunicações mais recentes da autoridade monetária, Campos Neto afirmou que não é possível caminhar com os juros baixos se a área fiscal não estiver arrumada.

“Entendemos que o teto fiscal é importante e, se afrouxarmos as regras fiscais, vamos voltar aos problemas anteriores”, disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

O presidente do BC também fez críticas sobre a possibilidade de tabelamento de juros no cheque especial e no cartão crédito.

Mercado hoje

No Tesouro Direto, o título prefixado com vencimento em 2023 pagava uma taxa de 4,06% nesta tarde, ante 4,00%, na segunda-feira (24). O prêmio pago pelo mesmo papel com juros semestrais e prazo em 2031, por sua vez, subia de 7,09% para 7,16% ao ano.

Entre os títulos indexados à inflação, o papel com juros semestrais e vencimento em 2040 pagava uma taxa anual de 3,69%, ante 3,65% a.a. anteriormente, enquanto o prêmio pago pelo Tesouro IPCA+2035 avançava de 3,64% para 3,68% ao ano.

No câmbio, o dólar operava em queda de 1% ante o real, negociado a R$ 5,52, por volta das 16h.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta terça-feira (25):

Fonte: Tesouro Direto

Ambiente internacional

Na cena externa, o sentimento era de otimismo, em meio ao anúncio de retomada do diálogo entre os Estados Unidos e a China sobre um acordo comercial.

Os chineses informaram que que ocorreu uma conversa “construtiva” entre os governos, enquanto os americanos disseram que ambos os lados veem progressos e estão comprometidos com o sucesso de um acordo.

Também nos Estados Unidos, destaque para a oficialização do presidente Donald Trump como candidato à reeleição pelo partido republicano. Em seu discurso, Trump fez duras críticas contra os rivais do partido democrata.

Já no velho continente, a Alemanha registrou um tombo de 9,7% em seu PIB no segundo trimestre deste ano, ante os três meses anteriores.

O resultado, porém, ficou acima da contração de 10,1% esperada pelos analistas consultados pelo jornal The Wall Street Journal.

De acordo com a Destatis, a agência de estatísticas do país, a queda no período foi a maior já registrada desde que o indicador começou a ser medido, em 1970.

Regra dos 10 tiros: aprenda a fazer operações simples que podem multiplicar por até 10 vezes o capital investido. Inscreva-se!

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!