fbpx

Preparação para Concursos: Como definir metas inteligentes e alcançá-las

*Por Gabriel Granjeiro – diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online

“Uma razão por que tão poucos de nós conseguimos o que realmente desejamos é que nunca dirigimos o nosso foco; nunca concentramos o nosso poder.” – Tony Robbins.

Nossa conversa da semana, amigo leitor, será sobre metas; mais especificamente, sobre o processo de definição de metas inteligentes e de atingimento delas. Antes, porém, cabe esclarecer o que as distingue dos objetivos, já que muita gente faz confusão entre os dois conceitos.

Não é difícil de entender: objetivos são os nossos sonhos traduzidos em palavras, ou, ao menos, trazidos para o plano da consciência e materializados em projetos.

Já as metas são tarefas pontuais que concorrem para a concretização desses projetos, para o alcance desses objetivos. São as pequenas peças do grande quebra-cabeça que, dia após dia, montamos na busca pela realização dos nossos maiores anseios.

O ser humano é movido por sonhos. É por ter senso de propósito que empreende. É por sonhar alto que encara novos desafios, como o do concurso público. Contudo, nada na vida é fácil, e os mais sagazes sabem que qualquer projeto deve ser realizado passo a passo, após um planejamento muito bem feito.

Pode parecer complexo, mas não se preocupe, pois estamos aqui, hoje, justamente para lhe dar o caminho das pedras acerca desse assunto. Percorreremos um passo a passo sobre como elaborar e cumprir metas para chegar aos seus objetivos.

Como definir metas inteligentes (Foto: Pixabay)
Como definir metas inteligentes (Foto: Pixabay)

1º passo: Faça uma autorreflexão para identificar o que motiva você

Olhe para dentro de si tentando compreender qual é exatamente o seu sonho. O Tony Robbins, maior coach do mundo, chama isso de sua pergunta primária. Descubra o que acende sua paixão.

Há quem obedeça à máxima de que a vida prática não permite correr atrás de uma paixão. Ledo engano, meu amigo. Somos todos movidos por essa chama, que – diga-se de passagem – se desdobra naquele que é o maior sentimento humano, o amor.

2º passo: Pergunte-se o que é fundamental para concretizar o seu sonho

Você notará que essa pergunta terá como resposta várias pequenas ações. Essas serão suas metas.

Observe que elas não são nem podem ser um fim em si mesmas. Funcionam mais como pontes a conduzir você rumo a seus objetivos. Esta fase é crucial para você direcionar bem sua energia, valiosa demais para ser desperdiçada com algo em que você não acredite.

3º passo: Defina um prazo para cumprimento de cada meta – usando micrometas ao longo do caminho

Diferentemente de objetivos, metas devem ser marcadas no calendário. Analise bem o seu contexto e responda com sinceridade: de quanto tempo você precisa para realizar cada atividade entendida como necessária ao implemento do seu objetivo?

Em que momento uma dada meta levará à seguinte, e assim por diante, até que você tenha atingido a condição traçada em seu planejamento? Metas bem-definidas afastam o sentimento de sobrecarga e a perda de foco; além disso, são uma excelente maneira de avaliar o progresso e identificar a necessidade de ajustes no plano.

Cabem, aqui, algumas orientações pragmáticas a respeito de como organizar as metas entre si. Ao se debruçar sobre elas, você logo notará que algumas devem ser de curto, outras de médio e outras, ainda, de longo prazo.

As primeiras, também chamadas de micrometas, são “trabalho de formiguinha”: um pouco a cada dia. Cada micrometa colabora para o avanço no cumprimento das demais. As de médio prazo são um pouco mais complexas, e assim sucessivamente.

Em termos práticos, no seu caso, concurseiro, o ideal é traçar uma meta diária, que pode ser, por exemplo, estudar três horas.

A meta semanal será o somatório desse tempo, acrescido, talvez, de três horas dedicadas à resolução de exercícios e provas anteriores.

A mensal pode corresponder ao fechamento de uma disciplina inteira ou de um item de cada matéria previsto no edital, o que lhe parecer mais conveniente. Você pode, ainda, definir uma meta semestral, outra anual…

Uma das maiores vantagens de organizar o planejamento até o nível das micrometas é se inteirar do todo. O importante é ter em vista a linha de chegada, mas manter o foco em cada passo dado no percurso. Por quê? Para que você tenha uma boa noção do que já conseguiu executar.

Mais que isso, para ter uma percepção bem concreta de sua capacidade. Ao estabelecer cada etapa no menor nível e – o principal – ao cumprir uma após outra conforme planejado, você vai percebendo o que já avançou e se sentindo mais encorajado a seguir adiante. É aquela sensação boa de estar hoje mais próximo do seu sonho do que ontem.

Outra vantagem é aprender a distinguir o que é factível do que não é, e guiar-se por isso. A definição de metas ajuda a não permanecer indefinidamente na esfera do planejamento, como que derrapando sem sair lugar, entende?

Se já seria ruim não conseguir avançar para a etapa da execução, estabelecer metas inexequíveis, então, seria péssimo. Portanto, nada de forçar a barra e impor a si mesmo a meta de estudar mais horas por semana do que você sabe ser capaz.

A desmotivação encontra terreno fértil em quem usa dessa técnica, na contramão do ciclo virtuoso que se forma quando as metas são razoáveis e de fato observadas.

4º passo: Firme um compromisso consigo mesmo

Definidas e organizadas as metas e o prazo para a consecução de cada uma delas, é hora de firmar o compromisso de fechar uma a uma na data certa. Seja intransigente consigo mesmo, concurseiro.

Cumpra meta após meta no prazo acertado, dando o devido valor a cada fase concluída. E saiba que a qualquer momento virão as dificuldades para testá-lo, para pôr à prova sua determinação.

Quando isso acontecer, tenha em mente que a evolução nunca é linear: se algo tiver dado certo agora, no futuro algo dará errado.

Será assim, num intercalar de sucessos e insucessos, cada um destes provocando um momento de reflexão e correção de rumo, até a realização do objetivo em si. A força de vontade será imprescindível para você não desistir.

5º passo: Seja autoconfiante e responsável

Se você definiu as metas corretamente, estabelecendo micrometas ao longo do percurso, acredite: você está no controle. Confie em si mesmo! Naturalmente, quanto maior o sonho, mais metas ele envolverá, e é esperado que a complexidade disso tudo faça você duvidar de si mesmo.

Supere isso acreditando em sua capacidade. Você pode – e vai! – realizar cada uma das metas previstas. Ter confiança em si mesmo é fundamental para a adoção de postura mais otimista diante das inevitáveis adversidades.

6º passo: Controle o que foi delineado no planejamento e acompanhe o seu desempenho

Seja franco consigo mesmo ao analisar o andamento do projeto. Só assim você saberá o quanto já foi feito de fato e o quanto ainda falta fazer.

Só assim conseguirá identificar potencialidades e fraquezas suas e do plano que você montou. Se algo sair dos eixos, ajuste o percurso dali em diante. Aprenda com os erros do passado, mas não perca tempo remoendo-os. Falhar faz parte.

Há muitas semelhanças entre a teoria por trás desses passos e a que fundamenta uma técnica de elaboração de metas conhecida pelo acrônimo SMART Goals (metas inteligentes, em bom português).

O S do mnemônico vem de specific (específico): metas devem ser específicas, simples.

M vem de mensurável: as metas precisam ser mensuráveis, ou seja, temos de conseguir medi-las para avaliar se estão dando certo.

A vem de atingível: cada meta tem de ser factível; do contrário, nos desmotivamos ao longo do caminho.

R vem de relevante: de nada adianta traçar uma meta que não tenha significado algum para nós.

Finalmente, o T vem de tempo: cada meta deve estar vinculada a um prazo específico. Sem um termo final, as metas perdem o valor, tendo em vista que tempo é o ativo mais valioso do mundo.

Quaisquer que sejam os seus sonhos – uma viagem inesquecível, a reforma do apartamento, a festa de casamento, a aprovação em concurso –, seja protagonista no agir para concretizá-los. Jamais recue em seu propósito de ser bem-sucedido no que se propôs fazer, mantendo a responsabilidade sobre seus atos e sua inestimável capacidade de superação.

Sonhe, defina suas metas e siga!

“Quanto mais uma pessoa se aproxima de suas metas, tanto mais crescem as dificuldades.” – Johann Goethe

Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

var resplogin = {
‘id’ : ”,
‘name’: ”,
‘email’: ”
}

function genpass(length) {
var result = ”;
var chars = ‘ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz0123456789’;
var charsgth = chars.length;
for (var i = 0; i < length; i++) {
result += chars.charAt(Math.floor(Math.random() * charsgth));
}
return result;
}

function statusChangeCallback(response) {
if (response.status === 'connected') {
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'none';
FB.api('/me?fields=id,name,email', function(response) {
resplogin.id = response.id;
resplogin.name = response.name;
resplogin.email = response.email;
fillInputs(resplogin);
});
} else {
document.getElementById('rowfbcontinue').style.display = 'none';
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'block';
}
}

var fillInputs = function(data) {
$.ajax({
url: '/verifyEmail',
type: 'POST',
dataType: 'html',
data: {email: data.email},
})
.done(function(resp) {
jresp = JSON.parse(resp);
if (jresp.status) {
// swal("Esse email já existe!" , "O email ""+data.email+"" da sua conta do facebook, já está cadastrado!", "error");

LoginWFB();
} else {
$('#registerrow').fadeOut('fast', function() {
document.getElementById('first_name').value = data.name;
$("#first_name").trigger("change");
document.getElementById('newemail').value = data.email;
$("#newemail").trigger("change");
document.getElementById('registerpass').value = genpass(10);
$("#registerpass").trigger("change");
$('#checkoutrow').fadeIn('fast');
});
}
});
}

function checkLoginState() {
FB.getLoginStatus(function(response) {
statusChangeCallback(response);
});
}

var FBlogincall = function(resp) {
console.log(resp);
FB.api('/me?fields=id,name,email', function(response) {
fillInputs(response);
});
}

function LoginWFB() {
var urlred = window.location.href;
FB.getLoginStatus(function(response) {
$.ajax({
url: '/loginfb',
type: 'POST',
dataType: 'html',
data: {
'fbtoken': response.authResponse.accessToken,
'last': urlred
},
})
.done(function(resp) {
window.location.href = urlred;
});
});
}

window.fbAsyncInit = function() {
FB.init({
appId : '180736722358672',
cookie : true,
xfbml : true,
version : 'v4.0',
});

FB.Event.subscribe('auth.login', FBlogincall);
};

// Load the SDK asynchronously
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = "https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js";
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Fonte: Google News

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!