fbpx

Presidente da Anvisa diz esperar que problemas com Sputnik V sejam superados

Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19 (REUTERS/Agustin Marcarian)

BRASÍLIA – O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, disse nesta terça-feira à CPI da Covid esperar que os problemas envolvendo a autorização da vacina Sputnik V sejam superados.

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, Torres informou que a agência aguarda o envio das informações pendentes para retomar a análise do pedido tão logo esses dados sejam apresentados pela União Química, laboratório brasileiro que irá produzir a vacina russa.

Torres argumentou ainda que a negativa à importação do imunizante pela Anvisa trata-se de mera questão regulatória, que não deve interferir na relação entre o Brasil e a Rússia ou gerar qualquer receio quanto ao eventual uso da vacina, quando aprovada.

O diretor-presidente negou ainda conhecer ou ter se reunido com qualquer representante diplomático dos Estados Unidos. Também negou que o Ministério da Saúde esteja trabalhando ou interferindo no processo de análise de autorização da Sputnik V.

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais