Professores da Escola do Ministério Público compartilham dicas para quem vai prestar concurso do MPSC | Especial Publicitário Escola do Ministério Público

Fazer um concurso e ser aprovado é algo que exige muito esforço, horas de estudo e dedicação. E para muitos concurseiros, o dia da véspera do concurso é um dia de descanso, dedicado totalmente a comer bem, relaxar e se preparar física e mentalmente para o teste. No entanto, uma alternativa para quem quer se sair bem é aproveitar o dia que antecede a prova para fazer uma revisão completa dos conteúdos. É claro que descansar, relaxar e comer bem são ações que fazem parte do preparo, mas isso não significa que algumas horas do dia não possam ser destinadas à revisão.

O importante é que o estudo na véspera seja bem aproveitado, o que significa seguir um plano direcionado e reforçar pontos-chave do edital de forma eficiente e prática. Afinal, a essa altura do campeonato, não se pode perder tempo e, se for estudar, que seja para agregar ainda mais e reforçar o conhecimento que já foi adquirido.

Para Alexandre Carrinho Muniz, promotor de Justiça, diretor e professor da escola do Ministério Público, a recomendação é que no dia da véspera o aluno esteja, acima de tudo, concentrado no objetivo principal que é a prova preambular objetiva.

— É preciso ter consciência de que tudo foi estudado corretamente está armazenado na memória, cujas informações podem ser acessadas tão logo a questão seja enfrentada. Tranquilidade e serenidade também são comportamentos bastante indicados na véspera da prova. E, ao final, aquela revisão dos principais pontos, do suprassumo do que têm caído com frequência nas provas objetivas, aliado a uma forte dose de autoconfiança pode fazer a diferença — recomenda.

Dr Alexandre Carrinho Muniz  — Foto: Escola do Ministério Público/DivulgaçãoDr Alexandre Carrinho Muniz  — Foto: Escola do Ministério Público/Divulgação

Dr Alexandre Carrinho Muniz — Foto: Escola do Ministério Público/Divulgação

O reforço dos pontos mais importantes da prova é justamente o objetivo do Aulão de Véspera, promovido pela Escola do Ministério Público. Um dia antes do concurso, alguns dos melhores professores da instituição se reúnem para uma sessão de estudo leve e descontraída, mas que vai abordar os pontos mais relevantes da matéria e resolução de questões práticas.

— O aulão de véspera da Escola do MPSC é uma oportunidade ímpar para ver pontos importantes e principais das matérias exigidas pelo concurso do MPSC. Também é fonte de relaxamento e descontração, encontrando pessoas e até boas risadas — explica o professor e promotor de Justiça Henrique Ziesemer.

Fazer uma boa revisão dos conteúdos na véspera da prova, além de ajudar a memorizar alguns assuntos, é uma forma de saber que o máximo de tempo de estudo foi destinado à preparação para o concurso e que o mais importante de cada conteúdo foi absorvido.

— Em cada disciplina teremos professores que transmitirão aos alunos as matérias com maior índice de probabilidade de aparecerem nas questões objetivas, além de dar a confiança necessária para que não tenham o famoso e temido “branco”, ou seja, de se deparar com a questão, ter a resposta na cabeça, mas lidar com a insegurança que pode não ser a resposta correta – diz Alexandre.

— Serão abordados os principais pontos da prova, como Direito Penal, Direito Processual Penal, Processo Coletivo, Legislação Institucional, Direito Ambiental, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Moralidade Administrativa, Direito Eleitoral, Direito Civil e Língua Portuguesa — completa o diretor.

Quem ministra o aulão serão os professores Alexandre Carrinho Muniz, Promotor de Justiça do MPSC e Diretor da Escola do MP (Direito Processual Penal); Henrique da Rosa Ziesemer, Promotor de Justiça do MPSC (Processo Coletivo e Legislação Institucional); Igor Pinheiro, Promotor de Justiça do MPCE (Moralidade Administrativa e Direito Eleitoral); Thiago Alceu Nart, Promotor de Justiça do MPSC (Direito Ambiental); Airto Chaves Junior, Advogado e Professor da Escola do MP (Direito Penal); Giglione Edite Zanela, Advogada e Professora da Escola do MP (Direito Administrativo e Constitucional); Patrícia Fontanella, Advogada e Professora da Escola do MP (Direito Civil) e Wilson Rochenbach Nunes, Professor da Escola do MP (Língua Portuguesa). Todos os professores têm capacitação no magistério, trabalham com a preparação de alunos a concursos públicos, em especial os concursos do MPSC, e têm experiência na disciplina indicada.

— Assistir o Aulão de Véspera da Escola do MP é essencial para entrar na sala de provas com o espírito preparado, a mente aguçada e os olhos atentos em cada questão. Além disso, uma boa noite de sono, deixar tudo preparado na véspera e a mentalidade de que fez tudo que era necessário para enfrentar a prova. Motivação e preparação são as palavras-chave para transpor essa dificuldade — finaliza Alexandre.

O aulão da Escola do Ministério Público ocorre no dia 13 de julho, das 8h às 18h, no Teatro do Centro Educacional Menino Jesus (Rua Esteves Júnior, 696, Centro, Florianópolis). Para se inscrever, basta acessar este link ou entrar em contato diretamente com a instituição pelo (48) 99142-9195 ou e-mail escolasec@acmp.org.br.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: