fbpx

Promessa do Barcelona ‘vira’ espanhol e pode jogar Copa sub-17 – Esportes



O atacante Ansu Fati, titular do Barcelona em dois jogos nesta temporada aos 16 anos, recebeu a segunda nacionalidade e poderá disputar a Copa do Mundo Sub-17 pela Espanha.


Veja mais: Como o blog antecipou. Renascido, Gabigol voltou à seleção





O Conselho de Ministros concedeu nesta sexta-feira a nacionalidade espanhola ao jogador, que estreou pelo Barça no dia 25 de agosto. Desde então, joia nascida em Guiné-Bissau entrou em campo mais três vezes, duas delas na formação inicial.


Nascido 31 de dezembro de 2002, Anssumane Fati se tornou o segundo jogador mais jovem a vestir a camisa ‘blaugrana’, atrás apenas de Vicenç Martínez Alama, que tinha 16 anos e 280 dias quando estreou, na temporada 1941-1942. Além disso, ele bateu o recorde de juventude de gol marcado, superando Bojan Krkic e Lionel Messi.





Baseado em uma proposta da ministra de Justiça, o Conselho de Ministros aprovou em reunião hoje um decreto através do qual foi concedida a nacionalidade espanhola a Fati, que poderá estar com a seleção espanhola no Brasil para o Mundial Sub-17, que começará em 26 de outubro. A solicitação foi apresentada pela Federação Espanhola de Futebol e apoiada pelo Conselho Superior de Esportes.


Curta a página do R7 Esportes no Facebook


Quem são os ‘parças’ de Neymar que receberiam R$ 50 mil por mês





Fonte: R7

Jornais Virtuais