fbpx

Próxima semana começa gelada e não se descarta o risco de neve

Neve em Nova Iorque em fevereiro de 2021, por SDOT Photos, Fotos Públicas

Foto de São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

Uma forte massa de ar frio de origem polar vai avançar sobre o Brasil nos próximos dias. Os últimos dias de junho de 2021 prometem ser gelados no Sul do Brasil, e também em muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste. Pode sobrar um pouco de ar polar até mesmo para causar a friagem em Rondônia, no Acre e no sul do Amazonas.

Quando massas de ar frio fortes chegam ao país, os meteorologistas logo pensam nos fenômenos relacionados ao frio intenso como geada, neve ou outras precipitações de inverno. E o que chama a atenção é que, a partir do dia 27 de junho, os termômetros vão novamente marcar temperaturas abaixo de 0°C no Sul do Brasil, mas só isso não basta para nevar. Além de temperaturas muito baixas, a atmosfera precisa estar bastante úmida. Afinal, a neve é precipitação, isto é, a neve cai de uma nuvem e para formar nuvens é preciso ter bastante umidade.

Há chance de neve nos próximos dias?

A frente fria que vem trazendo a nova forte massa de ar frio começa a influenciar o Sul do Brasil no sábado, 26 de junho. A temperatura começa a ter uma acentuada queda nesta região durante o dia 27, domingo.

A maior chance de ocorrer alguma precipitação invernal, como chuva congelada, é entre a tarde e a noite do dia 28 de junho, segunda-feira, entre as regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Porém, outras simulações atmosféricas mostram chance de chuva congelada em áreas da Campanha gaúcha, mas a chance é menor.

A chance de nevar no dia 28 é baixa. A análise dos modelos meteorológicos feitos entre os dias 23 e 24 de junho mostram chance de neve entre os dias 28 e 29 de junho. Os modelos GFS (EUA) e o ECMWF(Europeu) ainda divergem na hora e na região exata para o fenômeno ocorrer.

A passagem da frente fria deve deixar muita umidade e condições para chuva na serra gaúcha e catarinense no dia 28 de junho. Assim, com o ar muito úmido e o ar frio intenso avançando, haveria chance de formar algum tipo de precipitação invernal.

Já para o dia 29, terça-feira, o modelo europeu mostra um novo ciclone se aproximando da costa do Uruguai e do Rio Grande do Sul, aumentando ainda mais a umidade entre os dois países. Com este aumento de umidade e a intensa massa de ar frio que ainda estará atuando, a chance para neve na terça(29) aumenta.


Foto: Climatempo

Fique atento!

Como os modelos costumam oscilar na posição dos sistemas que trazem umidade, é importante ficar atento nas atualizações ao longo dos próximos dias! A Climatempo volta a atualizar se esta previsão de neve se confirma ou não.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais