fbpx

Próximo MacBook Pro pode ter porta HDMI e até 64 GB de RAM

A Apple está trabalhando em uma nova versão do MacBook Pro com arquitetura ARM. Segundo Mark Gurman, da Bloomberg, nesta terça-feira (18), a próxima geração do notebook deve trazer visual remodelado, processador mais poderoso que o Apple M1 e com suporte a até 64 GB de RAM. Outros computadores da marca também podem chegar em um futuro próximo com chips Apple Silicon com até 40 núcleos.

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (

Foto: Paulo Higa/Tecnoblog / Tecnoblog

Os relatos partiram de pessoas com conhecimento sobre o assunto que não foram identificadas. Ao site, elas afirmaram que a Apple está preparado novas versões do MacBook Pro, MacBook Air, Mac Pro e Mac Mini, além de um iMac com tela maior. Nenhum deles tende a chegar às lojas com processador da Intel.

A Apple pode apresentar um novo MacBook Pro nos próximos meses. O computador deve chegar em dois modelos, com telas de 14 e 16 polegadas. Reconhecidos internamente como J314 e J316, respectivamente, espera-se que a dupla chegue com um novo design. Além disso, o MagSafe, porta HDMI e a entrada para cartões de memória devem retornar.

MacBook Pro pode trazer processador mais poderoso

O grande destaque está dentro do computador. Gurman informa que a fabricante do iPhone está preparando dois chips com os codinomes Jade C-Chop e Jade C-Die. O componente deve chegar com dez núcleos, sendo oito para alta performance e dois para tarefas mais simples. Para gráficos, são esperadas variações de 16 ou 32 núcleos.

A peça tende a ser mais potente que o Apple M1. O chip apresentado no ano passado possui oito núcleos ao todo, sendo quatro para alta performance e quatro para atividades que requerem menos poder de fogo. Para gráficos, o componente possui sete ou oito núcleos, a depender do computador adquirido.

O suporte à memória RAM também tende a subir. Atualmente, só é possível comprar notebooks com Apple M1 com até 16 GB. O teto neste chip chegará a 64 GB, caso os rumores se concretizem. Demais incrementos aguardados ficam pelas melhorias no Neural Engine e o suporte a mais portas Thunderbolt.

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (

Foto: Paulo Higa/Tecnoblog / Tecnoblog

Sobre o MacBook Air, esperado para o fim do ano, a publicação relata que o notebook também deve ganhar uma cara nova. Anteriormente, falava-se ainda sobre o retorno do MagSafe ao notebook de entrada da Apple. Outra novidade ficaria pela inserção de um sucessor direto do Apple M1 no computador.

Com codinome “Staten”, espera-se que o processador tenha a mesma quantidade de núcleos do componente encontrado na geração atual do notebook. Mas, de acordo com a Bloomberg, o novo componente será mais rápido. A quantidade de núcleos para gráficos, por sua vez, pode subir para nove ou dez.

A Apple ainda pretende lançar uma versão mais simples do MacBook Pro no futuro. Neste caso, o computador tende a chegar às lojas com o mesmo processador do MacBook Air. O notebook deve ter tela de 13 polegadas.

Novo iMac tem tela Retina 4,5K

Novo iMac tem tela Retina 4,5K

Foto: divulgação/Apple / Tecnoblog

Mac Pro: processador pode ter até 40 núcleos

Os desktops estão cotados a receber grandes melhorias no futuro. A começar pelo Mac Pro, o computador deve trazer o chip mais poderoso de toda a família em 2022. Os componentes são chamados internamente de Jade 2C-Die e Jade 4C-Die. A dupla deve trazer até 40 núcleos, superior ao teto de 28 núcleos da geração atual com Intel.

As variações são de 20 ou 40 núcleos. Neste caso, serão 16 ou 32 dedicados às atividades que demandam bastante potência e 4 ou 8 para tarefas mais simples. Para gráficos, duas opções estarão disponíveis: 64 ou 128 núcleos.

O Mac Mini também deve ganhar um baita reforço no futuro. O desktop deve trazer o mesmo processador do MacBook Pro e mais entradas. Internamente, o computador é conhecido como “J374”. Outra novidade ficaria para um iMac com tela maior, depois de a Apple ter apresentado a nova geração com 24 polegadas.

Com informações: Bloomberg

Próximo MacBook Pro pode ter porta HDMI e até 64 GB de RAM

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais