fbpx

‘Pus o Palmeiras nas páginas policiais. Peço desculpas’, diz Dudu – Prisma





São Paulo, Brasil


“Expus o nome do Palmeiras”


“Mesmo sabendo da minha inocência.”


“Deixo para a polícia, imagens e testemunhas mostram a verdade.”





“Arranhou um pouco a minha imagem, expus o clube nessas notícias.”


“(…)Quando aconteceu o problema com a mãe dos meus filhos eu pensei.”


“Todo dia uma matéria, uma entrevista, uma mentira diferente…”





“Sei que não ia ter a paz que preciso ter para jogar futebol.”


“Decidi que era momento para vir para o Qatar.”


“Entrei na sala do presidente e pedi desculpa por ter envolvido o nome do Palmeiras. Não acho legal para jogador e para o clube estar nas páginas policiais. Abri meu coração para o presidente, ele me entendeu. Foi uma negociação complicada.”


“Espero que a torcida me entenda.”





Demorou quase um mês, mas Dudu, de maneira sutil, reconheceu que expôs o Palmeiras, quando vídeos de troca de empurrões e agarrões com sua ex-mulher Malu Ohanna foram divulgados.


Na coletiva de despedida do Palmeiras, Dudu fez outra revelação.


Avisou à chefia da torcida Mancha Verde que estava indo embora para o Qatar. Antes mesmo de a notícia vazar para a imprensa.


O blog levantou a informação que, mais uma vez, os líderes da organizada pediram para que ele não fosse para o Qatar.


Ficasse para tentar vencer a Libertadores.


E houve muita frustração diante da confirmação que Dudu iria embora.





“Conversei pelo telefone, como das outras vezes pediram para não ir e falei que ia ficar. Agora conversei com o André (presidente André Guerra) e outros, que o momento que estou passando (problemas graves com a ex-mulher) e preciso ir. Eu liguei e falei, espero que entendam.”


“Pelo respeito que tenho, mesmo tendo alguns atritos.”


“Grandes jogadores passaram e tiveram atrito.”


“Por respeito a gente teve esse papo.”





Dudu receberá 700 mil euros por mês.


São R$ 4,3 milhões.


Ele foi emprestado por um ano.


Se for aprovado no Al Duhail, será comprado.


E poderá assinar novo contrato por três anos.


Dois, mais um garantido, se ele e o clube quiserem.


Com direito a aumento.


Dudu, que recusou cerca de dez propostas, para jogar na China, na Europa e no futebol árabe, não quis deixar passar essa.


Aos 28 anos e vivendo uma profunda crise emocional por conta de sua ex-esposa, resolveu ir embora.


E fazer o melhor contrato de sua vida.


“É uma etapa nova que estou vivendo, ficar não só um ano. Se ficar um ano apenas é porque não fiz um bom trabalho. Ao meu ver, sete milhões de euros por empréstimo não é qualquer clube que vai pagar. Tenho de vir aqui e corresponder.”





Sobre o fato de nunca ter surgido a sonhada proposta de um clube grande europeu, o jogador acabou admitindo. Ela jamais chegou.


“Vi muitos programas ‘se o Dudu é grande jogador não teve chance de ir na Europa’. Mas não procuravam saber quantas propostas tinha recebido. Dessas equipes B que falavam tinha recebido muitas propostas.”


“Não adianta ir e ter um contrato pior, estando em uma das maiores equipes do Brasil e do mundo. Não vejo dessa forma. Sempre fui bem tranquilo nessa questão, estava disputando um dos campeonatos mais difíceis. Para um cara ser um grande jogador, não precisa jogar em um grande clube da Europa…”


Apesar de não querer, de maneira alguma voltar ao Palmeiras em 2021, ele deu sua palavra de honra, que, quando tiver de retornar ao futebol brasileiro, será no clube da Água Branca.





“Saio agora e falo convicto que é uma pausa. Como o presidente falou para mim, que era minha casa. Espero ter essas portas abertas quando voltar. É o clube que eu amo, que me deu a visibilidade que tenho hoje. Não tenho porque voltar para outro clube.”


“Falo como falei para o presidente.”


“Dou minha palavra, se eu dei minha palavra pode acreditar que vou cumprir.”


 “Não preciso de papel.”


Foram necessários 11.864 quilômetros entre São Paulo e Doha, Qatar.


Depois de cinco anos e meio, Dudu deu sua melhor entrevista.


Uma pena que agora é um jogador que atue com a camisa vermelha.


A do Al-Duhail…


Neymar: sete razões para acreditar que 2020 pode ser ano do brasileiro



Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais