fbpx

quatro grandes flertam com a crise

Campanhas irregulares, cobranças da torcida e perspectivas sombrias para a sequência do ano. Essa é a realidade dos quatro grandes do futebol carioca no momento, embora o Vasco tenha esboçado uma reação nas últimas rodadas do Brasileiro, o que não foi suficiente ainda para livrá-lo da proximidade da zona de rebaixamento. Já o Flamengo vai ter na próxima quarta-feira que desfazer a imagem ruim deixada nos jogos mais recentes e precisará vencer o Emelec, do Equador, por pelo menos três gols de diferença, no Maracanã. Só assim evitaria uma crise séria na Gávea.

Botafogo e Fluminense também estão em situação desconfortável. O Alvinegro perdeu em casa para o Atlético-MG, pelas oitavas de final, na Sul-Americana, e na quarta decidirá a vaga na casa do adversário. Missão mais do que difícil. Como não tem nenhuma pretensão maior no Brasileiro, onde começou bem e passou a perder posições desde  a volta da competição, duas semanas atrás, após a interrupção para a disputa da Copa América,  o Botafogo já convive com protestos de sua torcida, o que pode se acirrar nos próximos dias.

O meia Diego, do Flamengo

Foto: Nayra Halm / Fotoarena / Estadão Conteúdo

O caso do Fluminense é mais complicado em razão de sua colocação no Brasileiro. Está em 17º lugar, na zona de rebaixamento,  e muita gente no clube já defende o afastamento do técnico Fernando Diniz. A vitória sobre o Peñarol, por 2 a 1, no Uruguai, na terça,  atenuou o ambiente nas Laranjeiras. A classificação na Sul-Americana está encaminhada e, na próxima terça, as duas equipes decidem no Maracanã, quem vai avançar até as quartas de final. Mesmo que exerça seu favoritismo, no Rio, o Flu vai continuar assombrado pelo risco de queda no Brasileiro.

Nada que possa ser comparado, no entanto, a um novo fracasso do Flamengo, no Maracanã, na partida contra o Emelec. A torcida não toleraria duas eliminações em duas semanas – o Rubro-Negro saiu da Copa do Brasil ao perder para o Athletico-PR, nos pênaltis, no dia 17, no Rio, resultado que abriu uma fenda na relação da torcida com o clube. Com os investimentos feitos pela diretoria nos últimos meses, há uma necessidade óbvia de o Flamengo disputar títulos e não ficar pelo meio do caminho.

Nessa hipótese, de um revés novamente, restaria ao Flamengo o Brasileiro, no qual se situa a cinco pontos dos líderes Palmeiras e Santos.

Veja também

Descubra quando os craques brasileiros fizeram seus primeiros gols na Europa

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti

  • separator

Fonte: TERRA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!