Queda de cabelo – quais são as causas, como evitar e como tratar – R7 Meu Estilo

Certamente a queda de cabelo é algo bem comum entre as mulheres. Quando ocorre uma perda de fios muito grande, a mulherada vai a loucura. Primeiramente, é preciso ter em mente que quando se perde até 100 fios por dia, está tudo bem. Até por que a nossa cabeça abriga cerca de 100 mil fios de cabelo. A coisa é preocupante quando a queda é constante e intensa.

A queda de cabelo acontece dentro do ciclo de crescimento e queda. Os fios caem fora desse ciclo quando toda sua estrutura está fragilizada, então os fios quebram e tendem a cair. Isso acontece com que faz muitos procedimentos químicos, por exemplo. A queda também pode estar relacionada com questões de saúde, por isso em caso de grande queda é necessário procurar um médico.

Causa da queda de cabelo

Inicialmente, a queda de cabelo pode ocorrer pelos mais variados motivos. Os principais são:

Secador e chapinha: pessoas que possuem fios mais frágeis e ralos costumam ver os fios cair fortemente quando usam secador e chapinha, devido a quebra e a queda de cabelo. Para quem tem essa causa, interrompa o uso destes aparelhos imediatamente.
Estresse: qualquer tipo de estresse, não importa pelo que é gerado, pode causar a queda intensa dos fios.
Procedimentos químicos: escova progressiva, relaxamento, pintura ou descoloração podem levar a perda dos fios. O ideal é dar um tempo nesses procedimentos.
Doenças no couro cabeludo: alopécia, foliculite, dermatite seborreica são doenças que causam a queda de cabelo. Um dermatologista pode ajudar.
Doenças e medicamentos

Primeiramente a queda de cabelo em mulheres pode ser patológica, tem diversas causas, como por exemplo doenças da tireoide, deficiência de ferro, amamentação, doenças infecciosas e autoimunes, entre outras. A causa exata determinará a quantidade de cabelo perdido, a velocidade e os locais do corpo que sofrerão mais com a perda de fios.

Além disso as mudanças hormonais e no metabolismo podem levar à queda de cabelo temporária. Essas mudanças também podem ocorrer devido à irregularidade no uso de pílulas anticoncepcionais e também na menopausa. Medicamentos também podem causar o problema, como os usados em quimioterapias, no caso de tratamento de câncer, e remédios para artrite, depressão, problemas cardíacos e pressão alta.

Sabonetes para pele oleosa – 5 melhores opções para o controle de oleosidade

×
Alopecia

Alopecia é uma doença que se caracteriza pela redução dos cabelos. Da mesma forma que isso pode ocorrer por queda, também pode ser pela diminuição no surgimento. O problema costuma provocar grandes falhas na região, deixando o couro cabeludo à mostra. Finalmente, caso desconfie que tem o problema, procure um médico. Além disso, devido ao quadro inflamatório do couro cabeludo, a hipotermia pode levar a perda de cabelo.

Queda de cabelo após a gestação

Alterações hormonais geradas na gravidez levam a queda natural dos fios diminua. Após o nascimento do bebê, cerca de três meses após o parto, todos os hormônios se normalizam e aquele cabelo todo que não caiu quando você estava grávida, começa a cair.

Sinais de alerta

Primeiramente, é necessário ficar alerta para perceber se está ocorrendo uma queda massiva de cabelo. É importante notar se estão aparecendo tufos no travesseiro ou no chão onde da nossa casa, principalmente do quarto. Se isso anda acontecendo, o ideal é procurar um dermatologista.

Produtos para controlar a queda de cabelo

Shampoo antiqueda;
Shampoo esfoliante;
Máscara de hidratação;
Creme de limpeza capilar;
Ampola de hidratação;
Condicionador antiqueda e quebra
Mitos e verdades sobre queda de cabelo
1 – O uso de shampoo antiqueda funciona no tratamento?

Verdade: O shampoo antiqueda é um excelente coadjuvante no tratamento da queda de cabelo. Acontece que sozinho talvez não seja tão fácil. Junto com ele, muitas vezes é necessário apostar em um medicamento tópico ou oral.

2 – O estresse pode causar a queda dos fios?

Verdade: O estresse é uma das principais causas de queda de cabelos. Quando isso acontece, existe uma maior secreção do hormônio cortisol, levando uma perda maior do cabelo.

3 – Ao contrário do que dizem, a química não pode causar a queda dos fios?

Mito: O uso de coloração, alisamentos e progressivas podem levar à queda, assim como podem produzir um processo de dermatite de contato e induzir a perda dos fios.

Tratamento para queda no cabelo

O tratamento para queda de cabelo dependerá da causa. Por exemplo, se a sua queda de cabelo é causada por um mau funcionamento da tireóide, tomar medicamentos para regular a glândula podem ajudar. Da mesma forma, uma pessoa que está com deficiência de vitaminas poderá se beneficiar se regular o consumo destas substâncias no organismo.

A queda de cabelo hereditária pode ser tratada com medicamentos ou transplante de cabelo. Caso a queda de cabelo seja causada por um agente que pode ser controlado, como estresse ou medicamentos, será possível tratar o problema atacando a causa. Além disso, existem medicamentos para perda de cabelo como Avicis, Betatrinta, Finasterida e Pantogar.

Vitaminas para a queda de cabelo

Excesso e falta de vitaminas levam à queda de cabelos. Geralmente, a falta de magnésio, ferro e vitamina B predispõe a perda dos fios. Já o excesso de cobre no organismo pode levar a perda dos fios.

Biotina

A biotina é uma vitamina do complexo B. Também conhecida como B7 e vitamina H, é produzida no intestino pelas bactérias e obtida por meio da alimentação.A ausência da biotina pode causar a queda de cabelos e também fazer com que os fios fiquem enfraquecidos. Alguns especialistas acreditam que a biotina tem relação com a produção de queratina.

Ferro

O ferro é um componente da hemoglobina, pigmento das células vermelhas do sangue. A falta do mineral faz com que o organismo produza menos células vermelhas, o que irá caracterizar o quadro de anemia, resultando assim na queda de cabelo.

Os alimentos ricos em ferro são: carnes vermelhas, especialmente o fígado, peito de frango, marisco, ostras, leguminosas, como feijão e lentilha, vegetais verde-escuros, como couve, agrião, rúcula e espinafre, grão integrais, como arroz e cereais, pistache, abóbora cozida, vagem, uva passa e tofu.

Vitamina C

A vitamina C ajuda na produção do colágeno, que é uma das estruturas do fio de cabelo. As principais fontes de vitamina C: frutas cítricas, vegetais folhosos de cor verde escura, pimenta vermelha, pimentão, goiaba, acerola, açaí, goji berry, morango, kiwi.

Tratamentos caseiros para a queda de cabelos

1 – Massagem

Massagear o couro cabeludo estimula a circulação local, aumentando o aporte de oxigênio e nutrientes nas células da região, diminuindo a queda.

2 – Aloe vera

A babosa, ou Aloe vera, é um excelente hidratante. Essa hidratação ocorre sem ocluir o folículo piloso, por isso pode sim ajudar na queda de cabelo se houver déficit na hidratação do couro cabeludo.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 5 alimentos que estão fazendo seu cabelo cair

Fonte: Minha Vida Dermaclub

Imagens: Verywell Health Robb Heport Yeast Infection Groom Style Hindustan Time Tally Press DHI, YouTube


Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: