fbpx

Queiroga reafirma previsão de vacinação completa contra a covid-19 até o fim do ano

GOIÂNIA – O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, cumpriu agenda em Goiânia nesta terça-feira, 15. A tarde começou com a vistoria nas novas instalações do Hemocentro Coordenador Estadual de Goiás Prof. Nion Albernaz, onde disse que pretende ampliar a vacinação para que o governo federal possa “entrar no coração dos brasileiros”.

Queiroga inspecionou ainda a vacinação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim América, também na capital goiana e aplicou vacina em duas pessoas. Ao lado do governador Ronaldo Caiado (DEM) e de demais autoridades, reforçou que o objetivo está em adquirir mais vacinas para acelerar o Plano Nacional de Imunização (PNI).

“A prioridade máxima é a vacinação. Trabalhamos 24 horas por dia para antecipar as doses e acelerar o Programa Nacional de Imunização”, disse.

O ministro disse ainda que nesse mês de junho a expectativa é de ter mais de 40 milhões de doses de vacina. “Em julho a expectativa é semelhante, de tal maneira que em três meses nós podemos entregar quase o mesmo número de vacinas que foram entregues desde o início do Plano Nacional de Imunização”, pontua.

“Podemos dizer com certeza que a população acima de 18 anos estará vacinada com as duas doses até o final do ano”, garantiu o ministro.

O governador Ronaldo Caiado ressaltou no momento, desejo que haja a manutenção das estruturas e orçamento para atendimento na saúde no ano que vem.

Protesto

Durante a passagem pela UPA na capital goiana, um popular que acompanhava a visita das autoridades expressou sua revolta com as ações do governo Bolsonaro, chegando a protestar: “É lamentável esse caos. Esperamos que o presidente não atrapalhe”, protestou, fazendo referência à vacinação.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais