fbpx

Quem é Alan Kim, o ator prodígio de 8 anos que emocionou o público ao vencer o Critics Choice Award pela atuação em ‘Minari’

Alan Kim / Crédito: Instagram

Mesmo que você não acompanhe de perto premiações de cinema, séries e TV, deve ter visto o vídeo do pequeno Alan Kim emocionado enquanto fazia o seu discurso da vitória durante o ‘Critics Choice Award’, realizado nesse domingo. O ator mirim, de apenas oito anos, venceu o prêmio na categoria de ‘Melhor Ator Jovem’ e não segurou as lágrimas durante os agradecimentos. “Em primeiro lugar, gostaria de agradecer aos críticos que votaram e à minha família”, começou ele.

Antes mesmo do anúncio de seu nome, Kim começou a lutar contra o choro dizendo: “Oh meu Deus, estou chorando…”. O momento, que foi parar na internet, fez sucesso e foi uma explosão de fofura.

Mas, afinal, quem é Alan Kim? O garoto norte-americano nasceu em 2012 e começou a trabalhar como modelo. Sua estreia como ator foi em ‘Minari’, de 2020, dirigido e roteirizado por Lee Isaac Chung, famoso por longas como ‘Lucky Life (2010)’, ‘Abigail Harm (2012)’. O pequeno é como qualquer outra criança: fã de Harry Potter e, como ele mesmo revelou, apaixonado pelas músicas do ‘The Weeknd’ e sorvete de baunilha com calda de chocolate e granulado arco-íris. Além disso, adora jogar videogame e sair com seu cachorro, um esquimó americano chamado Cream.

A produção que rendeu ao garoto o ‘Critics Choice Award’ é ‘Minari’, drama sobre uma família de imigrantes sul-coreanos tentando construir uma vida em uma fazenda em Arkansas, nos EUA, na década de 1980. Na trama, Alan interpreta o pequeno David, um dos filhos da família. Sucesso de críticas e vencedor dos prêmios como ‘Globo de Ouro: Melhor Filme Estrangeiro’, ‘Critics Choice Award: Melhor Ator Jovem’ e ‘Critics Choice Award: Melhor Filme Estrangeiro’, o longa conta com nomes conhecidos no elenco como Steven Yeun de “The Walking Dead” e Yuh-Jung Youn, considerada a Meryl Streep sul-coreana.

O ator ainda não sabe se Hollywood é realmente o que deseja para o futuro, mas no tempo em que esteve no mundo das celebridades, aproveitou ao máximo. Nos eventos e premiações, ele apareceu em todas as sessões ou entrevistas vestido como caubói: chapéu faroeste, bandana, botas e distintivo de xerife. “Foi como ter um Halloween antecipado, exceto sem doces e sem enfeites”, disse Alan à imprensa.

E apesar da incerteza com a profissão, Alan mostra que leva jeito para a vida de artista. Nas entrevistas, ele fala à vontade de si mesmo e do trabalho que vem construindo, mesmo tão jovem. Ao ser questionado por jornalistas sobre como a sua vida mudará, ele não hesitou em responder: “Terei que ficar dentro de casa o tempo todo. Ou, se estiver do lado de fora, tendo que usar um moletom e um disfarce completo”, brincou. O ator também está pronto para o novo desafio e logo mais começa a filmar seu segundo filme, uma comédia chamada “Latchkey Kids” com Elsie Fisher.

A seguir, confira o trailer de Minari.

 

 

 

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229″;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais