fbpx

“Quero dar variedade de peixes para público da Paraíba” – Notas – Glamurama

Jun Sakamoto em João Pessoa || Divulgação

Um dos principais restaurantes japoneses de São Paulo alçou voo e inaugurou a primeira unidade fora da capital paulista. Jun Sakamoto acaba de abrir as portas no Espaço Gourmet do Manaira Shopping, em João Pessoa. No cardápio, os tradicionais sushis e sashimis, além dos clássicos do chef, que tem uma estrela Michelin. O novo ‘spot’ gastronômico é uma versão mais descontraída de seu restaurante principal que fica em Pinheiros, em São Paulo, mas com o mesmo cuidado na escolha dos ingredientes e preparo das receitas.  Para saber das expectativas do novo desafio, Glamurama conversou com Jun Sakamoto:

Glamurama: Como surgiu a ideia de abrir o restaurante no Nordeste?
Jun Sakamoto: No meio da pandemia fui conversar com um amigo que faz a ponte entre lojistas e shopping centers. Ele me falou sobre o shopping da Paraíba, o Manaíra, e perguntou ao dono se ele teria interesse (no restaurante), mas teria que ser feito o investimento da obra. Como estavam carentes de um bom restaurante japonês por lá me chamou para conhecer o shopping. Então eu vim para João Pessoa e vi que tinha potencial. Isso foi em outubro. De lá pra cá foi muito rápido e montei o restaurante.

Glamurama: Você vai manter sua cozinha característica ou vai incluir algo diferente no cardápio?
Jun Sakamoto: Começo com o cardápio igual ao do restaurante do (shopping) Villa Lobos, salvo alguns ingredientes que são inviáveis trazer pra cá e que só têm em São Paulo. Ainda estamos estudando a viabilidade de trazer alguns produtos que não têm aqui. Alguns pescados por exemplo: aqui não tem carapau, não tem serra, sardinha, então estamos trabalhando com uma limitação de peixes, mas estou vendo como resolver, porque quero dar uma variedade para o público da Paraíba.

Glamurama: Qual prato você acha que vai fazer mais sucesso em João Pessoa?
Jun Sakamoto:
Sushi. Basicamente o nosso carro-chefe é sushi.

Glamurama: Como é abrir um restaurante no meio de uma pandemia?
Jun Sakamoto: Estou querendo acreditar que estamos chegando ao fim da pandemia. À medida em que a vacinação vai avançando, os números de contágio e, principalmente, de óbitos devem cair bastante. Quando isso acontecer, a sensação de todo mundo será de mais segurança. Estou montando na hora certa e no momento certo, por que ainda é um período de treinamento de equipe, de ajuste de processos, então quando passar essa sensação de insegurança com a pandemia, estaremos prontos para atender aqui em João Pessoa.

Glamurama: O que mudou e o que pretende manter durante a crise do coronavírus?
Jun Sakamoto: Não mudei nada. Apenas o delivery de sushis, mas foi uma ação muito pontual. Para fazer manter isso eu teria que montar uma dark kitchen (que abre somente para viagem), um processo de distribuição, é outro business. Aquilo foi um suporte num momento muito ímpar, então não vai continuar.

Glamurama: Existe a intenção de abrir outros restaurantes? Onde e quando?
Jun Sakamoto: Sim. Estou em processo de expansão por que aprendi bastante sobre linha de produção de qualidade. Tem muitas pessoas que ainda têm preconceito contra isso, que é uma comida fria, sem alma, e não é verdade. A qualidade da comida está atrelada à gestão de produção quando você faz isso em escala. Então hoje nós temos um sistema que controla a produção, a maneira de preparar, onde tudo é milimetricamente pesado e produzido para que siga um padrão.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229″;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais