fbpx

Renda Cidadã foi adiado para depois das eleições de novembro

O Renda Cidadã, que irá substituir o Bolsa Família, foi adiado! A dificuldade para encontrar uma fonte de recursos para financiar o novo programa assistencial fez com que o governo decidisse deixar as discussões para depois das eleições municipais de novembro.

A dúvida sobre a fonte de recursos que seria usada para dar andamento ao Renda Cidadã, levou o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) a defender a criação de um imposto para bancar o programa e deixar essa despesa de fora da regra que limita o avanço dos gastos públicos, o chamado teto de gastos.

Mourão descartou o uso de precatórios e 5% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), e ser referiu a proposta como “página virada” . O Renda Cidadã é pensado como uma forma de atender os cidadãos de baixa renda e que sofreram grande impacto econômico causado pela pandemia.

O programa deve incluir os beneficiários do auxílio emergencial e por aumentar o número de assistidos deve ser mais caro do que o Bolsa Família . O ministro da Economia, Paulo Guedes, se referiu ao projeto como “aterrisagem suave” após o final do pagamento do auxílio, em dezembro.

A proposta inicial de utilização de precatórios e 5% do Fundeb foi descartada por que na prática, representaria cortar da educação e de aposentadorias para financiar um aumento de gastos sociais. As declarações de autoridades do governo indicam que ele não deve seguir com essa linha e procura novas formas de viabilizar o Renda Cidadã sem passar do teto de gastos.

Sem anúncio do programa neste mês

Como o governo adiou a discussão do Renda Cidadã para depois de novembro. O anunciou em vídeo publicado no Twitter ontem, quinta-feira, 1°, pelo relator do programa Marcio Bittar (MDB AC) que disse que o novo programa seria divulgado no 15 ou 16 de outubro, isso não deve mais acontecer.

Veja também: Foi excluído do auxílio de R$ 300? Consulte e saiba como contestar

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.5&appId=504479536592672”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!