fbpx

Respiradores chegam a leitos inativos de hospitais de campanha – Rio de Janeiro

Agência Brasil

Os 135 respiradores, ao todo, custaram pouco mais de 2 milhões de dólares — US$ 15 mil cada — , fora as taxas e traslado

RIO — Um avião fretado pelo Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas), Organização Social (OS) contratada pelo governo estadual para construir e gerir hospitais de campanha do estado durante a pandemia do novo coronavírus, chegou na manhã desta segunda-feira ao Aeroporto Internacional do Galeão, trazendo da China 135 respiradores, que, ao todo, custaram pouco mais de 2 milhões de dólares — US$ 15 mil cada — , fora as taxas e traslado.

Com 3,4 mil mortes, hospitais do Rio amargam atrasos e podem não sair do papel

Segundo o estado, os aparelhos, que vieram da cidade de Shenzhen, e passou por escalas em Miami e Manaus, serão distribuídos e divididos entre os hospitais de campanha do Maracanã — único de responsabilidade da Iabas no estado inaugurado até o momento —, que receberá 15 unidades, e os demais, ainda fora de funcionamento, em São Gonçalo, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, que receberão 40 respiradores cada.

Ao todo, de acordo com o estado, o Iabas comprou 500 respiradores da empresa Shenzhen Comen Medical. Um cargueiro com mais 50 respiradores deve sair de Shenzhen ainda esta semana, e outros 50 aparelhos devem ser enviados na semana que vem.

O calendário de entrega dos aparelhos comprados na China vai até junho. A organização social diz que já tem 91 aparelhos em operação, e que deve receber outros dez comprados no Espírito Santo. “Somando aos 500 comprados na China, os hospitais do Rio vão contar com 601 aparelhos”, conclui a nota do governo.

Novas promessas de inauguração

Em entrevista coletiva na semana passada, o secretário de Saúde, Fernando Ferry, cogitou a possibilidade de o estado não entregar todos os hospitais de campanha prometidos devido ao atraso nas obras. Logo em seguida, no entanto, o governador Wilson Witzel garantiu que as unidades entrarão em funcionamento.

“Não há perspectiva de lockdown imediato”, diz Doria sobre isolamento mais duro

Nesta segunda-feira, o médico Hélcio Watanabe, superintendente do Iabas, divulgou nova data, e afirmou que o hospital de campanha de São Gonçalo será aberto nesta terça-feira e já estará pronto para receber os primeiros pacientes na quarta-feira, o que, segundo ele, dependerá do sistema de regulação.

No momento, antes da entrega desses novos aparelhos, a unidade, de acordo com o governo estadual, já conta com dez respiradores em UTIs. Com os 40 importados da China, deverá passar a operar com 50. Após a chegada dos próximos carregamentos, o objetivo do Iabas é que todos os 80 leitos de UTI tenham respiradores. No total, a promessa é de que a unidade tenha 200 leitos.

Sobre o hospital de campanha de Nova Iguaçu, Watanabe afirmou que a previsão do Iabas é de que ele seja entregue na sexta-feira. A unidade de Caxias deve ser entregue na próxima segunda (1). Ambos já com os respiradores que chegaram nesta tarde.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!