fbpx

Reynaldo Gianecchini relembra experiência em “Laços de Família”

Reynaldo Gianecchini revelou como foi a sua experiência ao interpretar Edu na novela global “Laços de Família”, em 2000. O folhetim estará de volta ao ar no “Vale a Pena Ver De Novo” a partir desta segunda-feira (7). Esse foi o primeiro grande trabalho do ator na televisão. 20 anos depois, o famoso contou que não gostou nada de sua atuação na obra, comentando que não estava preparado na época.

VOCÊ VIU? Whoopi Goldberg pede que Disney construa “Wakanda”

Perlla detona ex-marido em postagem na rede social

Depois de 6 meses, Carlos Alberto da Nóbrega conhece bisneto

Michel Teló anuncia retorno de gravações do “The Voice Brasil”

“Fiquei muito mal, me criticando demais. Realmente achando uma m… o trabalho. Quando meu personagem entrou, fui afundando na cama. Disse: ‘Minha voz é assim? Não vai dar certo’. Quando terminou, achei que nunca mais ia levantar da cama. Eu pesava 300 quilos. Pensei: ‘Não dou para a coisa, não tem jeito, não sei como faço. Vou ligar e falar que não vou mais amanhã’”, afirmou o ator, em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”.

“Aceitei muito na coragem. Poderia ser um trabalho para nunca mais. Poderia ser linchado para sempre. Tinha tudo para dar muito errado. Você não faz um protagonista das 21h sem experiência e passa ileso por isso. Hoje em dia, acho que teria sido melhor estrear com experiência. Sempre indico isso: estudem. Eu cheguei muito despreparado, mas fui corajoso, fui querendo aprender a profissão”, complementou o artista.

Apesar de ser muito crítico com a sua atuação, Reynaldo Gianecchini afirmou que o fato de ser inexperiente na época passou um ar genuíno para o personagem Edu, que, na trama, viveu um triângulo amoroso com Camila (Carolina Dieckmann) e Helena (Vera Fischer).

“Vejo hoje que era muito verde, mas gosto do meu olhinho de ator. Acho que passei uma fragilidade para o personagem, um brilho de quem está genuinamente ali, sem truque. Isso fez com que o Edu chegasse ao coração das pessoas. Eu tinha uma ingenuidade, uma pureza e uma falta de malícia. Isso, de certa forma, contribuiu para o sucesso”, finalizou.

Fonte: Famosidades

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!