Rinoplastia: Mitos e verdades sobre o procedimento

A rinoplastia pode ser considerado como um dos procedimentos estéticos mais conhecidos bem como feitos no Brasil, e também no mundo todo.

Mas você sabia que existem mitos e verdades que podem causar alguma confusão ou até fazer com que você desista dessa cirurgia?

Nesse post, você vai saber exatamente o que é mentira ou não para acabar com várias dúvidas e entender melhor esse procedimento.

Vamos lá?

Mitos e verdade sobre a Rinoplastia

– É possível ter o nariz das modelos/atrizes:

Mito.

Um dos maiores mitos da rinoplastia é a ideia de que é possível copiar exatamente o nariz de alguma outra pessoa, garantindo o tão sonhado efeito.

Acontece que, mesmo um profissional experiente, depende da estrutura óssea que você tem para fazer a correção das narinas e demais alterações.

Dessa forma, nem sempre o resultado final será o mesmo que de outra pessoa. Já que são estruturas diferentes.

É importante definir que o resultado depende então das proporções da sua face e não existe a opção de copiar algo, já que não há um molde ou algo do tipo.

– Você alcança o resultado esperado:

Verdade.

Mesmo que não seja possível copiar o nariz de outra pessoa, o resultado esperado pode sim ser satisfatório, que é o que acontece em quase todos os casos.

Para entender isso, é preciso saber que o médico avalia a sua estrutura óssea e proporções faciais, garantindo o resultado que você quer de acordo com o que é possível e com efeito mais natural.

Justamente por isso, o resultado esperado será positivo e você será capaz de preservar os seus traços e ter harmonia facial.

Importante: todo profissional experiente de cirurgia plástica acaba por aprender a administrar o que a paciente quer, o que pode ser feito e como unir esses dois pontos.

– As intervenções tem igual desafio/complexidade:

Mito.

Ao fazer a primeira rinoplastia, as suas estruturas ósseas e cartilaginosas estarão intactas, o que faz com que toda a ação seja mais simples de identificar e o profissional consegue realizar melhor o plano de cirurgia.

Entretanto, quando você já fez um procedimento e precisa fazer outro, como nos casos de correção, essa ideia muda.

Afinal, a sua estrutura já sofreu uma alteração anterior.

Photo by Braydon Anderson on Unsplash

É por isso que todo tipo de intervenção cirúrgica deve ser realizado com profissional experiente e realmente capacitado.

Detalhe: avaliar seus desejos e possíveis resultados, pode evitar uma segunda cirurgia. Sendo ideal avaliar junto ao médico antes da realização.

– Pacientes de diferentes etnias tem resultados diferentes:

Verdade.

As diferentes etnias do ser humano também significam que a estrutura óssea é diferente, ou seja, os procedimentos não terão resultados semelhantes.

Inclusive, esses resultados distintos também valem para a correção das narinas.

Isso porque, é preciso pensar que o procedimento deve garantir a harmonia facial, sem apagar a identidade do paciente e garantindo que os traços sejam realistas e o mais naturais possíveis.

Neste ponto, você pode se questionar sobre o grande número de pessoas que alteram toda a estrutura do nariz, deixando-o mais fino e com a ponto proeminente.

Sim, esses casos realmente existem.

Mas, na maior parte das vezes, não são recomendados e podem fazer com que o paciente perca sua identidade facial.

– A cirurgia de rinoplastia é bastante dolorosa:

Mito.

A cirurgia em si, não é considerada dolorosa e, geralmente, os pacientes afirmam que é possível passar tranquilamente por essa fase.

Do mesmo modo, a sensação que os pacientes informam após o procedimento, é de um mal-estar nasal, semelhante à quando se está gripado.

Ainda assim, são receitados analgésicos, de uso comum, como a dipirona, caso você sinta dores.

– A rinoplastia não deixa cicatrizes visíveis:

Verdade.

Photo by Joseph Greve on Unsplash

Também a alteração da estrutura óssea quando a correção das narinas, não deixa nenhum tipo de cicatriz visível para o paciente e outras pessoas.

Isso porque o procedimento acontece através de uma técnica chamada de “fechada”, geralmente, onde os cortes são pequenos e ficam em áreas menos expostas.

Em alguns casos, pode ser realizada a técnica aberta, fazendo com que uma mínima cicatriz fique na região da columela.

Quando praticada por profissional experiente, ambas as técnicas resultam em cicatrizes praticamente imperceptíveis e que diminuem com o tempo.

– Dá para saber quem fez ou não a cirurgia:

Depende.

Mesmo que muitas pessoas não guardem segredo sobre os procedimentos cirúrgicos que realizam, essa é uma questão que depende de uma série de fatores, mas principalmente do cirurgião que fez o procedimento.

Em suma, quando realizado por um profissional experiente e seguindo as recomendações, para garantir harmonia facial, a cirurgia passa despercebida e você pode dizer que nasceu com aquele nariz.

Afinal, o resultado fica natural.

Entretanto, quando realizada por médicos que não sabem exatamente o que estão fazendo ou mesmo quando o desejo é exagerado, o resultado pode sair fora de controle.

Neste ponto, se encaixam aqueles casos de pacientes que querem copiar o nariz de outra pessoa ou que querem eliminar traços, principalmente da etnia.

Mesmo ao fazer a correção das narinas, é essencial conversar com o profissional e seguir as dicas, evitando um efeito artificial.

– Os cuidados pré e pós-operatórios são essenciais na discussão médico-paciente:

Verdade.

Todos os cuidados relacionados a rinoplastia ou correção das narinas devem ser discutidos antes da realização do procedimento.

Inclusive, isso pode reduzir a ansiedade e estresse e facilitar a recuperação.

Photo by Nathan Dumlao on Unsplash

Em suma, será necessário seguir uma série de cuidados e comportamentos, que podem acelerar a cicatrização, evitar dores e fazer com que a recuperação seja mais simples e menos dolorosa.

Então, se atenha a essas questões ao conversar com um profissional experiente, tenha o espaço de repouso já marcado na sua agenda e certifique-se de que será possível ter ajuda, evitar o sol, não usar óculos e ficar um tempinho “me molho”.

Conclusão

Enfim, agora que você conhece os principais mitos e verdades sobre a rinoplastia, não perca tempo e converse com o seu médico sobre a correção das narinas e demais possibilidades.

Com um profissional experiente ao seu lado, você alcança o melhor resultado e pode viver feliz com a sua face.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: