fbpx

River leva a melhor nos pênaltis e elimina o Cruzeiro na Libertadores – Esportes


O River Plate não sentiu a pressão de jogar fora de casa e eliminou o Cruzeiro nas oitavas de final da Copa Libertadores, nesta terça-feira, no Mineirão. Após repetir o placar da partida de ida e empatar por 0 a 0 no tempo normal, o time argentino levou a melhor na disputa por pênaltis, vencendo os brasileiros por 4 a 2.


Autor de duas grandes defesas no tempo normal, o goleiro Armani foi o herói da classificação do River Plate. O camisa 1 defendeu as cobranças de David e Henrique na decisão por pênaltis. Já o goleiro Fábio não conseguiu brilhar e foi vazado nas quatro cobranças dos argentinos.


Agora, nas quartas de final,  o River Plate vai enfrentar o vencedor do duelo entre Cerro Porteño, do Paraguai, e San Lorenzo, da Argentina. Na partida de ida, as equipes empataram por 0 a 0.


O Cruzeiro terá dias intensos após duelar com o River Plate. O time celeste enfrenta o Atlético-MG, no próximo domingo (4), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Três dias depois, recebe o Internacional no Mineirão, na quarta-feira (7), pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.





Após um início de jogo estudado, o Cruzeiro tomou a iniciativa e quase abriu o placar no Mineirão. Pedro Rocha recebeu cruzamento de Thiago Neves e chutou no cantinho, exigindo um milagre do goleiro Armani. A bola ainda bateu no travessão.


Ainda no primeiro tempo, o River respondeu com Nacho Fernández. O meia-atacante avançou pela direita, tabelou com Carrascal e bateu a bola no canto, tirando tinta da trave defendida pelo goleiro Fábio.


No segundo tempo, o goleiro Armani voltou a trabalhar e fez grande defesa em finalização de Orejuela. Em busca da vitória, o técnico Mano Menezes sacou o volante Ariel Cabrau e promoveu a entrada do meia Robinho. Pouco depois, ele colocou o centroavante Fred no lugar do atacante Pedro Rocha.


Com as mudanças, o time de Belo Horizonte esboçou uma pressão no fim do jogo, mas não conseguiu fazer o gol e evitar a decisão por pênaltis na partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores.


FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 x 0 RIVER PLATE(Nos pênaltis 2 x 4)


​​Estádio: Mineirão- Belo Horizonte-(MG)
Data: 30 de julho de 2019, às 19h15
Árbitro: Roberto Tobar(CHI)
Assistentes: Cláudio Rios e Alejandro Molina (CHI)i
Árbitro de vídeo: Nicolas Gallo (COL)
Cartões Amarelos: Enzo Pérez, Carrascal(RIV), Lucas Romero(CRU)
Público e renda: 55.567/R$ 2.464.451,00


CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé, Egídio; Lucas Romero, Henrique, Ariel Cabral(Robinho, aos 15’-2ºT) , Thiago Neves, Marquinhos Gabriel (David, aos 40’-2ºT) e Pedro Rocha (Fred, aos 27’-2ºT). Técnico: Mano Menezes


RIVER PLATE: Armani; Gonzalo Montiel, Lucas Martínez, Rojas, Casco, Ponzio (Palácios-intervalo), Enzo Pérez, Carrascal, Ignacio Fernández (De la Cruz, aos 25’-2ºT), Lucas Pratto(Matías Suárez, aos 20’-2ºT) e Borré Técnico: Marcelo Gallardo

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!