Rodrigo Caio e Lincoln vão desfalcar o Fla; vendido ao Milan, Léo Duarte dá adeus – Esportes

O zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Lincoln vão desfalcar o Flamengo diante do Emelec, quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Os dois atletas passaram por exames médicos nesta segunda-feira, quando souberam da gravidade dos seus respectivos problemas.

Rodrigo Caio sofreu uma lesão no músculo adutor e na parte posterior da coxa esquerda, enquanto Lincoln machucou a parte posterior da coxa direita. Os dois sofreram as lesões na vitória por 3 a 2 sobre o Botafogo, no clássico do último sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Para amenizar a situação do time, que já não conta com o meia Diego e o atacante Vitinho por causa de graves lesões sofridas recentemente, os meio-campistas Arrascaeta e Everton Ribeiro participaram normalmente do treino desta segunda-feira à tarde e aumentaram a possibilidade de atuar no jogo decisivo com o Emelec.

Para se classificar para as quartas de final da Libertadores, o Flamengo vai ter de vencer por três gols de diferença, pois perdeu no Equador por 2 a 0, na semana passada. E não vai faltar apoio das arquibancadas. A diretoria rubro-negra divulgou nesta segunda-feira que os 60.500 ingressos colocados à venda já foram vendidos. Deste total, 55 mil bilhetes foram comercializados no sistema sócio-torcedor.

No Brasileirão, o Flamengo é o terceiro colocado, com 24 pontos, cinco a menos que o líder Santos. O time da Gávea volta a jogar pela competição nacional no domingo, em Salvador, diante do Bahia, às 16 horas, pela 13ª rodada.

LÉO DUARTE – Negociado com o Milan, em transação fechada no último final de semana, o zagueiro Léo Duarte se despediu dos seus companheiros de Flamengo nesta segunda-feira no Ninho do Urubu. Ele vai viajar até Milão nos próximos dias para fazer exames médicos e assinar contrato com o clube.

“Só tenho a agradecer a todo mundo que me ajudou, ao Flamengo, principalmente, porque me ajudou demais no que precisei. As dificuldades que tive aqui só me ajudaram a crescer. Cheguei aqui menino e saio daqui um homem. Agradecer demais à torcida por tudo, tudo mesmo, pelos elogios, pelas críticas e pedir perdão pelos erros também”, afirmou o jogador, emocionado, por meio de um vídeo divulgado pelo clube.

“Foram mais momentos de alegria do que tristeza. Fui muito feliz aqui, realizei um sonho. Quero agradecer também ao Seu Noval [Carlos Noval, atual responsável pela transição dos atletas da base para o elenco profissional], cara que aqui dentro me ajudou demais. Não só a mim, mas como todos os meninos”, reforçou.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: