fbpx

Salão de beleza funciona em três turnos para atender clientes com segurança: expectativa é grande

A reabertura dos salões de beleza na grande São Paulo se iniciou e trouxe esperança a milhares de profissionais que estavam parados com a pandemia. “O segmento foi um dos mais afetados, tanto que a expectativa do retorno é grande, mas infelizmente, realista. Tínhamos um faturamento que gerava em torno de R$ 125 mil por mês. Nossa previsão é atingir pelo menos cerca de 35% desse valor, afinal, as pessoas estão com medo da Covid-19 e movimentando recursos para outras prioridades não ligadas à autoestima no momento”, lamenta Robson Trindade, professor de Visagismo e consultor do Friends Studio 156, localizado em Moema, na capital.

Foto: Birô de Visagismo – Foto: Coronavírus / DINO

O espaço, que tem direção artística de Glauber Serafim e consultoria de Silmara Cassab investiu em turnos alternados e muitas outras medidas de segurança. “Alguns profissionais receberam treinamento da Escola do Parlamento que certifica os colaboradores para o retorno das atividades. Além disso, funcionamos em três turnos, com dois cabeleireiros cada, além de manicure e pedicure, esteticista e visagista, que só poderão atender uma cliente por vez. Ainda, elaboramos todos os protocolos de higienização do ambiente e dos equipamentos e temos aferição de temperatura na porta do salão, com o intuito de manter colaboradores e clientes saudáveis”, complementa Trindade.

O time ainda promove cursos de visagismo online, assim apostam no conhecimento e na habilidade como aliadas aos novos tempos, o objetivo é reinventar-se para fazer a diferença, o mercado e o mundo vêm pedindo. “O próximo investimento previsto será em conhecimentos do visagismo graduação, uma verdadeira caixa de ferramentas, que são oferecidas online, durante o isolamento social, será um dos melhores e mais eficientes recursos para nossos parceiros”, declara.

www.friendsstudio156.com

www.robsontrindade.com.br

www.livrosdevisagismo.com.br

Website: http://www.birrodevisagismo.com.br

Veja também:

Quem é o menino bailarino da Nigéria que viralizou nas redes sociais

DINO
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!