Salão do Imóvel SP terá condições especiais para quem quer investir no setor

O cenário está favorável para quem quer investir em imóveis. Além da confiança na retomada da economia, a redução dos juros e o aumento da concorrência entre os bancos mostram que o momento atual é bastante interessante para quem comprar imóveis.

“O consumidor está em uma situação bastante favorável para adquirir um imóvel. Houve aumento da oferta de crédito e queda nas taxas de juros, além disso, os preços dos imóveis não tiveram reajuste nos últimos anos”, comenta Luiz França, presidente da Abrainc.

O vice-presidente de Habitação Econômica do Secovi-SP, Rodrigo Luna, também afirma que interessados em adquirir imóveis têm à frente excelentes oportunidades de negócios, diversidade de produtos e opções atrativas de financiamento. “A redução da taxa Selic, a inflação em baixa, a estabilidade dos preços e as inúmeras opções de crédito facilitado criam um cenário positivo para quem deseja comprar o primeiro imóvel e até mesmo para aqueles que pretendem adquirir uma segunda unidade, seja para fazer um upgrade ou investir em locação”, conta.

As instituições financeiras reduziram em 0,33% a taxa mínima para linhas de financiamento do mercado imobiliário, o que representa em média uma taxa de 7,91%. A Caixa Econômica Federal, por exemplo, definiu uma taxa efetiva mínima para imóveis de 7,5% ao ano, mais a TR (taxa referencial).

Por isso, a primeira edição do Salão do Imóvel SP é o evento ideal para quem aproveitar o aquecimento do mercado imobiliário. O Salão começa nessa sexta-feira (18) e segue até domingo (20), no Expo Center Norte. Ao todo, 40 empresas do mercado imobiliário vão expor imóveis, localizados em São Paulo e região, destinados a todas as faixas de renda.

O principal diferencial do Salão do Imóvel SP é que ele atende desde o comprador interessado em imóveis pequenos, como estúdios, até apartamento maiores, com metragem superior a 100m². As construtoras e incorporadoras vão negociar desde unidades que fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) até as de médio e alto padrão (MAP).

Condições especiais

Para atrair os consumidores, muitas construtoras vão oferecer condições especiais, como ITBI e registro gratuitos, descontos de até R$ 15 mil, entrada parcelada em 60 vezes, gratuidade de condomínio por um ano, piso laminado e até vouchers em restaurantes durante o evento. Uma das empresas vai dar um patinete elétrico para cada comprador.

Os interessados também vão ter acesso à nova modalidade de financiamento, com reajuste pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – que mede a inflação –, além do tradicional Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).  Além disso, a CAIXA, patrocinadora exclusiva do Salão, estará presente ofertando a linha de crédito SBPE, com taxas efetivas a partir de 7,5% a.a. +TR ou a partir de 2,95% a.a. + IPCA.

O evento é uma realização das três principais entidades do setor imobiliário: Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc); Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e Sindicato da Indústria da Construção Civil (SindusCon-SP).

A vantagem de participar de um Salão deste porte é encontrar uma variedade de imóveis, preços competitivos, maior poder de negociação, condições especiais e a presença do principal agente financeiro, no mesmo local. Já para as empresas, o grande número de visitantes possibilita o aumento no volume de vendas.

Salão do Imóvel SP
Data:
18, 19 e 20 de outubro (sexta-feira, sábado e domingo)
Hora: das 9h às 20h
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo (Av. Otto Baumgart, 1000 – Vila Guilherme, São Paulo – SP) – Entrada gratuita

 

 


Fonte: INFOMONEY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: