Salve o dente de leite: listamos principais benefícios

A cultura norte-americana da fada do dente nem é tão difundida por aqui, mas se fosse agora seria a hora de encerrrar essa brincadeira. A ciência já provou que a polpa do dente de leite é repleta de células-tronco do tipo mesenquimal que têm alto potencial de multiplicação e podem ser usadas para diversas terapias no futuro, veja:

  • Reparação de tecidos muscular, nervoso e ósseo
  • Cartilagem
  • Pele e outro tecidos epiteliais

Pesquisas atuais já indicam que será possível tratar doenças como:

  • Diabetes tipo 1
  • AVC
  • Infarto do miocárdio
  • Lesão medular
  • Lesão na córnea
  • Doenças neurológicas como Parkinson

A coleta não é invasiva e pode ser efetuada por um dentista. O dente de leite é acondicionado em um kit específico e armazenado com seu devido procedimento laboratorial.

 

Fonte: FF
Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

Fonte: PORTAL TERRA – SAÚDE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: