fbpx

seguindo tendência, maior evento mundial de tecnologia será virtual

Como não poderia deixar de ser, um dos setores econômicos mais atingidos pela pandemia é o de feiras e eventos. Esse é um mercado gigantesco, que conta com 780 centros especializados no Brasil e 1.400 empresas organizadoras. Só no ano passado, foram 1.750 encontros, com 128 mil empresas expositoras e 10 milhões de visitantes em 230 municípios. Para evitar pontos de aglomeração e a consequente propagação do vírus, os organizadores praticamente suspenderam todos os eventos programados para 2020, num prejuízo ainda não estimado pela associação do setor. Mas a pior situação enfrentada é a de não saber quando as atividades normais poderão ser retomadas, já que o planejamento é feito com meses de antecedência, para que expositores e públicos possam se preparar.

A maneira pela qual os empresários estão tentando contornar o problema é apostar em eventos virtuais. E justamente o mais importante evento de tecnologia do mundo, a CES, começou dando o exemplo. A feira, normalmente realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, teve a data mantida para janeiro de 2021, mas será totalmente virtual. A Associação de Tecnologia do Consumidor (CTA, na sigla em inglês), que organiza o encontro, entendeu que mesmo daqui a seis meses seria arriscado manter uma programação presencial, colocando em risco a saúde dos usuários. Até lá haverá uma intensa atividade de adaptação, para que, pela primeira vez, uma feira desse porte e com as repercussões que tem seja feita totalmente online.

“Enquanto não estiver disponível um meio seguro e eficiente de controlar a propagação da covid-19, como alguma das vacinas que estão sendo prometidas para a virada do ano, a responsabilidade exige que sejam tomadas medidas de minimização dos contágios; e o setor que precisa iniciar esse movimento nas feiras e eventos é o de tecnologia: aquele que detém as melhores soluções e expertise, e que, nesta hora, precisa mostrar sua liderança aos demais, como tem feito neste caso”, pondera o especialista em tecnologias disruptivas Arie Halpern.

TED e Web Summit

A CES se junta a outros eventos que, embora menores, reúnem conferencistas de alto nível e também foram transformadas em virtuais, como o Web Summit de novembro deste ano e a TED (Tecnologia, Entretenimento e Design) de 2021. Quando uma série de encontros tão importantes deixam de ser presenciais, isso pode estar antecipando uma tendência, e é natural que ela se inicie no mundo da tecnologia.

Website: http://www.ariehalpern.com.br/seguindo-tendencia-maior-evento-mundial-de-tecnologia-sera-virtual/

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute

DINO
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!