Segunda Turma do STF decide julgar 2 pedidos de liberdade de Lula

(José Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO – A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu julgar, nesta terça-feira (25), dois habeas corpus apresentados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A previsão inicial era que a discussão de fato ocorresse nesta data, mas foi adiada na última segunda-feira após pedido do ministro Gilmar Mendes para retirar um dos pedidos de liberdade da pauta do colegiado.

A mudança ocorreu a pedido de Cristiano Zanin, advogado de Lula, que usou como argumento o fato de o petista estar preso há mais de um ano. “O que nós pedimos, inclusive por petição protocolada ontem, é que sejam dadas as prioridades regimentais, uma vez que há paciente preso há mais de 400 dias. E também estamos diante de um julgamento que foi iniciado”, disse.

Após o pedido do advogado, o ministro Gilmar Mendes sugeriu que se permitisse que Lula ficasse em liberdade até que o julgamento de seus pedidos ocorresse. Os magistrados, porém, deliberaram que os habeas corpus seriam apreciados.

“Dentro das razões que expus [não haver tempo hábil para o julgamento nesta terça por causa da pauta extensa], eu havia indicado o adiamento”, disse Gilmar. “Mas tem razão o advogado quando alega o alongamento desse período de prisão diante da sentença de condenação confirmada em segundo grau. Como temos a ordem dos trabalhos já organizada, o que proporia ao Tribunal é conceder uma medida para que o paciente aguardasse em liberdade a nossa deliberação concreta nessa turma”, completou.

mais informações em breve

Fonte: INFOMONEY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: