seleção para 399 vagas aguarda parecer · JC Concursos

Novo concurso Ceeteps SP 2019 (Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza) será para oficial operacional, de ensino fundamental para ingresso, com R$ 1,4 mil

Fernando Cezar Alves
Publicado em 25/03/2019, às 10h51 – Atualizado em 01/07/2019, às 12h05

O concurso Ceeteps SP 2019 (Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza)  para o preenchimento de 399 vagas para o cargo de operacional de suporte, nas áreas de  trabalhador braçal e reparador geral, ainda aguarda um novo parecer por parte do governador João Doaria. A seleção foi autorizada em 18 de setembro pelo então governador Márcio França e para concorrer ao cargo é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração inicial de R$ 1.458,32.

Embora o certame tenha sido autorizadoa em 18 de setembro, ao assumir o cargo, o governador João Doria publicou, em 3 de janeiro, o  decreto 64.069,  que dispõe sobre medidas de redução de despesas com pessoal e encargos sociais. O documento determina, em seu artigo dois, que “as autorizações de abertura de concursos públicos cujas inscrições ainda não tenham sido iniciadas deverão ser reavaliadas pelas respectivas secretarias de governo”. 

De qualquer forma, o concurso precisa ser retomado o quanto antes, uma vez que, de acordo com a lei 60449, de 2014, em seu artigo 8, “A autorização governamental para abertura de concurso público terá validade pelo prazo de 1 (um) ano, a contar da data da publicação”.  Caso o certame não seja retomado até 18 de setembro, precisará de nova autorização governamental. 

• CURSO DIVERSOS CARGOS

O cargo de operacional de suporte foi criado pela lei 1.240, de 2014. A lei determina que, além da remuneração inicial, o cargo conta com um plano de carreiras, composto de 15 níveis e dois graus, garantindo melhorias de remuneração durante o exercício. Na ocasião, quando a remuneração de ingresso era de R$ 1.072, o salário em final de carreira era de R$ 2.377,19, total que atualmente é superior a este valor, tendo em vista reajustes sofridos desde então.

 

 

Fonte: Jornal dos Concursos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: