fbpx

Sem abrir concurso há 8 anos, BNDES revela número de cargos vagos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social já acumula 31 cargos vagos. O órgão não realiza novo concurso desde 2012, ou seja, há oito anos. O déficit por cada cargo, de nível médio e superior, ainda não foi divulgado.

O quantitativo de postos vagos deve ser preenchido por aprovados no próximo concurso do BNDES.

O Governo Federal definiu que o quantitativo máximo de pessoal no Banco é de 2.675 empregados. Em abril, o BNDES tinha 2.644 funcionários públicos. Os dados foram divulgados pelo próprio banco.

O déficit de empregados deve subir nos próximos anos, por conta do número de aposentadorias. De acordo com o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) no dia 8 de junho, o Banco Nacional informou que não há previsão para edital nos próximos meses.

“Todas as informações a respeito de novo processo seletivo, quando autorizado, serão divulgadas no Diário Oficial da União, em jornais de grande circulação e no Portal do BNDES. na página Trabalhar no BNDES”.

O Banco ainda complementou dizendo que “o quantitativo global de empregados não é segregado por formação profissional, de modo que cabe a Empresa Pública definir a distribuição entre cargos e formações, conforme os seus interesses e necessidades operacionais e em consonância com as diretrizes emanadas pelo Governo Federal”.

Novas atualizações do Estatuto Social do BNDES foi publicado em setembro de 2019 no Diário Oficial da União. Os artigos sobre a organização interna e de pessoal não foram alterados. Sendo assim, nada muda. O ingresso de servidores continua sendo por meio de concurso público.

BNDES chegou a anunciar edital de concurso público em 2015

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social chegou, em 2015, a anunciar preparativos do novo concurso do BNDES. De acordo com informações do Banco, o edital estava previsto para contar com vagas para técnico administrativo, cargo de nível médio, e profissional básico, de nível superior.

O concurso, entretanto, foi adiado por 12 meses. Por fim, acabou não sendo realizado. As vagas seriam oferecidas em cadastro reserva.

Você Pode Gostar Também:

Em 2019, durante a cerimônia de posse, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, apontou a melhoria da prestação de serviços no banco como uma das metas de sua gestão.

De acordo com dados de setembro de 2019, o salário inicial do Técnico Administrativo é de R$3.941,38. O profissional básico, no início da carreira, recebe R$12.370,96.

Além dos salários, os profissionais ainda contarão com auxílio-transporte, adicional noturno, vale-refeição, salário-educação, auxílio-creche.

Último Concurso BNDES foi em 2012

O último concurso do BNDES foi realizado em 2012. Na oportunidade, a banca organizadora foi a Fundação Cesgranrio. As provas foram aplicadas nas cidades de São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Porto Alegre/RS, Recife/PE e Salvador/BA.

Na oportunidade, foram oferecidas vagas de nível médio e superior. Para o nível médio, as oportunidades foram para a carreira de técnico administrativo.

Já para cargos de nível superior, as vagas foram de profissional básico, com formação nas áreas de administração, análise de sistemas – desenvolvimento, análise de sistemas – suporte, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, comunicação social, contabilidade, direito, economia, engenharia e psicologia.

Os salários oferecidos foram de R$ 4.148,82 para técnico administrativo e R$ 10.405,04 para profissional básico, já inclusos os R$ 399,08 de auxílio-alimentação e R$ 823,95 de auxílio-refeição. Ambos os cargos, possui jornada de 35 horas semanais.

Os inscritos nos cargos de nível médio fizeram uma prova objetiva com questões de Língua Portuguesa (25), Matemática (25), Língua Estrangeira (08), Conhecimentos Específicos sobre o BNDES (06) e Conhecimentos Gerais (06).

A prova discursiva do concurso consistia em uma redação. Os candidatos poderiam somar até 40 pontos na prova.

Para nível superior, a prova objetiva contou com 50 questões, distribuídas entre Língua Portuguesa (20), Língua estrangeira (10) e Conhecimentos Específicos (20). A prova discursiva contou com cinco questões de Conhecimentos Específicos. A avaliação teve valor de até 50 pontos.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!