Senado dos EUA intima Facebook, Twitter e Google para novos depoimentos

Investigadores dos EUA disseram que as redes sociais foram usadas por grupo de propaganda apoiado pelo governo russo para influenciar eleições americanas

Por
Estadão Conteúdo

access_time

25 jul 2018, 21h30

Washington – Representantes do Facebook, do Twitter e do Google foram convidados a comparecer no Senado dos Estados Unidos em setembro para outra audiência sobre atividades estrangeiras em redes sociais. De acordo com pessoas familiarizadas com o assunto, as três companhias de tecnologia foram convidadas a depor no Comitê de Inteligência do Senado durante a primeira semana de setembro como parte do trabalho do painel, que investiga a atividade russa durante a eleição presidencial de 2016.

Investigadores do governo americano disseram que as redes sociais foram usadas por um grupo de propaganda apoiado pelo governo russo para influenciar as eleições americanas e inflamar a opinião pública durante a última campanha presidencial. Mais de 3 mil anúncios no Facebook foram comprados por um grupo pró-Kremlin durante a eleição e esses anúncios foram divulgados publicamente por investigadores do Congresso em maio. Fonte: Dow Jones Newswires.

http://platform.twitter.com/widgets.js(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/en_US/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: