fbpx

Soft skills e o preparo para o mercado

Oi, Speaker! Tudo bem?

Todos percebemos que o mercado de trabalho tem uma série de exigências e, a cada dia, mais e mais habilidades são requisitadas pelas empresas.

O que nem todos sabem é que essas habilidades podem ser divididas em dois grandes grupos: as hard skills e as soft skills. As primeiras são aquelas que adquirimos enquanto nos capacitamos, desde os primeiros anos da vida escolar, passando pela faculdade até as pós-graduações ou cursos.

As hard skills, como vimos, são habilidades técnicas, que os profissionais aprendem e escolhem segundo a área na qual trabalham e, principalmente, de acordo com a profissão que escolheram. Para avaliar as hard skills, o que mais se analisa são os currículos e, no caso de algumas empresas, provas ou dinâmicas relacionadas a um tipo determinado de know how.

Já as soft skills, por sua vez, são outros tipos de habilidades e têm muito a ver com a inteligência emocional e com a capacidade de liderança de um profissional. Hoje, frente às demandas do mercado e do universo corporativo, as soft skills são muito mais valorizadas que antes. Tanto que um profissional pode ter o melhor dos currículos, mas, se não for munido das principais softs skills, dificilmente conseguirá atingir o sucesso e o reconhecimento que deseja.

As soft skills são muitas e os especialistas convergem na mesma opinião: saber se comunicar é uma das mais importantes delas.

Quais são as outras? E o que é saber se comunicar? É o que veremos a seguir. Boa leitura, Speaker!

Comunicação assertiva

Faça uma rápida busca na web pela expressão “soft skill”. Fez? Então, provavelmente você viu que praticamente todos os artigos e opiniões sobre o tema têm a comunicação como uma das habilidades chave para se ter sucesso atualmente. Quando me refiro a sucesso, está ingressar no mercado de trabalho, ascender dentro da própria empresa ou ser promovido e assumir cargos de maior responsabilidade.

Uma comunicação assertiva envolve vários aspectos, que incluem: expressar ideias com clareza; conseguir dialogar com todos os tipos de audiência, incluindo as de outro saber técnico; ouvir os demais com atenção e conseguir interpretar a dinâmica não-falada; usar a linguagem não-verbal com inteligência; e fazer boas apresentações em público.

Pensamento criativo

Saber se comunicar é essencial. No entanto, ter o que comunicar é imprescindível. O pensamento criativo está relacionado à capacidade de arriscar, de propor ideias inovadoras para determinado problema ou mesmo trazer à tona interpretações diferentes sobre um assunto.

Aliado ao conhecimento técnico necessário e à habilidade de persuadir, defendendo os próprios argumentos, o pensamento criativo é o que faz um profissional se destacar.

Empatia

Muito se fala hoje sobre a empatia, mas ainda são poucos os que associam essa capacidade de se colocar no lugar do outro a uma habilidade exigida pelo mercado de trabalho.

Se bem é verdade que a empatia tem muito a ver com a personalidade de uma pessoa e demonstra como essa pessoa responde a trabalho em grupo, por exemplo, existe outra faceta de ser empático às necessidades dos demais que está intimamente relacionada ao sucesso ou ao insucesso de uma marca.

Ao conhecer e se colocar no lugar do outro (sabendo que esse outro é um potencial cliente), é possível e estratégico desenvolver soluções que realmente agradem e sejam úteis para esse público específico.

Liderança

A liderança é outra soft skill de destaque. É certo que existem cursos e capacitações para gestão de pessoas e/ou empresas, ainda assim, a liderança de cada profissional como sinônimo de independência e capacidade de tomar decisões, mesmo que ele não ocupe nenhum cargo nessas áreas, passou a ser mais valorizada.

A liderança envolve uma série de outras habilidades, incluindo a boa comunicação, o poder de persuasão, a capacidade de agir em momentos de crise e o pensamento criativo, do qual falamos no tópico anterior.

Entrar – e permanecer – no mercado de trabalho exige, hoje, que os profissionais se dediquem a desenvolver habilidades que vão além das técnicas e passem a valorizar outras qualidades que nem sempre podem ser avaliadas pela análise de currículo, mas que são indispensáveis para o progresso individual e coletivo. Pense nisso!

 

Fonte:

Soft skills: quais são as habilidades mais requisitadas pelo mercado atualmente?

The Speaker

Fonte: TERRA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!