Soja proporciona benefícios específicos para as mulheres

A soja é dos alimentos que remetem à saúde e ao bem-estar. Tudo à base dessa substância parece fazer bem para o corpo e trazer diversos benefícios. E não é à toa que essa associação seja feita, pois a soja realmente tem benefícios para o organismo, principalmente para a mulher.

O grão é das fontes vegetais mais ricas em proteínas, ou seja, é uma alternativa magra para a ingestão desse nutriente, se comparada a uma fonte animal como a carne, por exemplo. Para mulheres, os benefícios podem ser um pouco maiores, especialmente quando há a baixa do hormônio estrogênio. Isto porque a soja é a maior fonte alimentar das isoflavonas, que exercem fraca atividade estrogênica no corpo humano.

Alta performance

Devido ao baixo percentual de gordura, a mulher atleta de alto desempenho pode sofrer uma parada na menstruação e a soja pode ser utilizada para minimizar os efeitos adversos dessa pausa precoce.

Esse fator apresentado por muitas corredoras pode fazer com que haja uma redução significativa da produção de estrogênio, em função da importância da gordura para síntese deste hormônio. Instala-se, desta forma, um quadro de menopausa precoce. Apesar de muitas mulheres comemorarem o fato de não precisarem menstruar, quando isto ocorre, desencadeia-se um desequilíbrio que pode gerar sérias consequências.

Soja e as atletas amadoras

Mesmo quem não é atleta de alto desempenho também pode se beneficiar com o alimento. Já que o grão oferece proteína, essencial na construção da musculatura, atua na sustentação do corpo e das vísceras, com baixo teor de gordura. Porém, nada de exageros – mesmo a soja não tendo contraindicações, seu consumo excessivo pode trazer transtornos intestinais.

Como consumir

A forma mais adequada depende da substância que é prioridade na dieta da corredora. Caso a atleta deseje obter a fonte de soja mais concentrada em proteína, sugere-se os isolados de soja. Já se o foco for na maior concentração de isoflavonas, boas fontes seriam a proteína texturizada de soja, seguida do grão de soja.

Fonte: PORTAL TERRA – SAÚDE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: