fbpx

T-Mobile diz que dados de 40 milhões de pessoas foram roubados por hackers

A T-Mobile disse nesta quarta-feira que uma investigação revelou que dados pessoais de mais de 40 milhões de possíveis clientes e ex-clientes foram roubados.

Os dados roubados também incluem dados de 7,8 milhões de clientes do serviço móvel da T-Mobile.

Datas de nascimento, nomes e sobrenomes também foram roubados, afirmou a operadora de serviços de telecomunicações, acrescentando que não houve indicativo de que detalhes financeiros tenham sido comprometidos.

A empresa, que tinha 104,8 milhões de clientes até junho, admitiu a violação de dados no domingo, após a mídia digital Vice ter publicado que um vendedor ofereceu a venda de dados privados em um fórum.

A Vice afirmou que o vendedor alegava que 100 milhões de pessoas tiveram seus dados comprometidos na invasão. Ele estava oferecendo dados de 30 milhões de pessoas por 6 bitcoins, ou cerca de 270 mil dólares.

Relatos posteriores sugeriram que o preço havia caído e que todos os dados estavam sendo vendidos por apenas 200 dólares. A Reuters não pôde checar a veracidade da publicação no fórum.

A violação de dados da T-Mobile é o mais recente ataque cibernético de grande porte. Hackers têm aproveitado a segurança mais fraca de políticas de home office devido à pandemia.

No começo do mês, a plataforma de criptomoeda Poly Network perdeu 610 milhões de dólares em uma invasão e depois ofereceu ao hacker ou aos hackers um resgate de 500 mil dólares.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais