fbpx

Tabata Amaral diz que Governo “mente” sobre dinheiro do Auxílio

A Deputada Federal Tabata Amaral (PDT-SP) voltou a falar sobre o Auxílio Emergencial nesta quinta-feira (15). Em seu perfil oficial no Twitter, ela disse que o Governo “mente” quando o assunto é o valor do benefício. Ela voltou a pedir que o valor do benefício seja de R$ 600.

“O governo mentiu quando disse que não tem dinheiro para um auxílio digno. Apresentei ontem (14) um projeto para um auxílio de R$600 que mostra exatamente de onde virão os recursos: sim, é possível fazer um pente fino nos privilégios dos mais ricos”, disse ela.

No geral, Tabata disse que a solução para isso estaria em corte de benefícios para as pessoas mais ricas. Ela falou, por exemplo, que o Governo teria que cortar qualquer dedução do Imposto de Renda (IR). Mas esse corte só iria acontecer para as pessoas que ganham acima de R$ 40 mil.

Ela também falou que o Governo precisaria passar uma espécie de “pente fino nos penduricalhos de servidores públicos de alto escalão”. Aqui ela fala especificamente de auxílios que existem para parlamentares, como os reembolsos para a saúde, por exemplo.

A Deputada disse ainda que o Governo precisa começar a pagar aposentadoria de militares sem qualquer tipo de privilégio. Assim, na visão da parlamentar, essas aposentadorias acabariam ficando no mesmo patamar das outras aposentadorias que existem para os demais servidores públicos.

Reação

Ao fazer esse post em seu perfil oficial do Twitter, a Deputada começou a receber centenas de comentários de apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro. A grande maioria delas foram mensagens que criticavam a deputada e também ironizavam a tentativa dela de aumentar o valor do Auxílio.

“Eu jamais mexeria com militares. Tenho nenhum parente militar mas já fui um e conheço o ambiente da Marinha. Não os tenha como inimigos nunca”, disse um dos internautas que comentaram na postagem da Deputada Federal.

“Mas é lamentável a sua cara de pau de propor isso sobre aposentadoria de militares. Você votou a favor de uma reforma da previdência que os privilegiou, contra a orientação do partido, e agora vem com essa. É portanto puro populismo”, disse outro.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal já começou os pagamentos do novo Auxílio Emergencial. Os pagamentos, aliás, começaram desde o último dia 6 de abril. De lá para cá, os informais que nasceram nos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e maio já receberam a primeira parcela do benefício.

Serão quatro parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. E esse é portanto o grande ponto de crítica da oposição. É que um grupo de parlamentares, onde Tabata também está presente, afirma que esses valores são muito baixos e não são suficientes para comprar muita coisa hoje em dia.

O Governo não comentou a postagem da Deputada Tabata Amaral. Seja como for, sobre os valores do Auxílio, eles costumam dizer que não há mais dinheiro para pagar mais do que isso. O Presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que as pessoas precisam usar esse dinheiro como um complemento de renda e não como uma renda total.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais