fbpx

Tatá Werneck paga o funeral de Mabel Calazoni e orgãos serão doados

O corpo da atriz Mabel Calzolari, que morreu na última terça-feira (22), aos 21 anos, será cremado na sexta-feira (25). Isso porque os órgãos da artista serão doados e devem beneficiar outras dez pessoas. Monique Curi, que esteve todo o tempo apoiando Mabel, enquanto ela estava internada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Rio, deu detalhes.

“Mabel vai doar os órgãos. A mãe dela, Silvinha, decidiu fazer isso. Maravilhoso, né? Tem um tempo aí desse trâmite, que a gente não tem ideia se demora um dia, dois dias. Vai fazer os exames pra saber quais órgãos estão aptos, enfim. Depois disso, vem o ritual da cremação. A Mabel vai ser cremada”, disse Monique.  

Mabel Calzoni tratava de uma doença rara que provoca inchaço na medula. Além de Monique Curi, ela teve apoio irrestrito de Tatá Werneck e Isis Valverde. A mãe de Clara Maria ajudou, inclusive, financeiramente. Há três meses, a apresentadora do “Lady night” doou R$ 15 mil para uma vaquinha virtual que tinha como objetivo ajudar a pagar as despesas de Mabel. Como ela não estava trabalhando e vivia numa casa humilde em Curicica, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, com a mãe, e o filho, Nicolas, de 1 ano e 11 meses. O valor era destinado ao pagamento de contas de consumo e remédios.

Veja+: Tatá Wernrck vai às lágrimas ao entrevistar intérprete de Chiquinha

De acordo com o jornal Extra, Tatá fez questão de arcar com todos os custos do velório e cremação, além de ter dado apoio emocional à jovem, mesmo sem conhecê-la pessoalmente.“Queria Mabel, sua luz e sua força são memoráveis. Que Deus te receba minha amiga. Te amo, te admiro muito. Que Paulo te abrace, que vocês fiquem amigos, ele vai te alegrar”, escreveu Tatá nas redes sociais.

Fã de Isis Valverde

Mabel era muito fã de Isis Valverde, e com a ajuda de Tatá Werneck recebeu uma mensagem da atriz e conversou com ela enquanto estava no hospital. Elas combinaram de se conhecer quando a jovem recebesse alta, mas não deu tempo.

“Mabel era uma pessoa cheia de luz e força, fiquei muito triste com sua partida e mando todo meu amor para sua família e amigos nesse momento”, lamentou Isis.

Em dois anos, a atriz foi internada seis vezes e lutou para não ficar tetraplégica. Tudo começou com a aracnoidite, uma inflamação na coluna. De dezembro para cá, ela abriu a coluna nove vezes, o que pode ter causado alteração no sistema nervoso, e passou por dez cirurgias. Mabel teve convulsões e chegou a não reconhecer as pessoas.

Veja+: Tatá Werneck fala de vida X redes sociais

Na última sexta-feira (18), ela teve uma parada respiratória e precisou ser intubada. No domingo (20), teve um inchaço no cérebro e na terça (22) os médicos confirmaram sua morte cerebral.

Na quarta (23), a família de Mabel Calzolari começou a se despedir da atriz, conhecida pela sua atuação em “Orgulho e Paixão” (2018). O corpo deve ser cremado no cemitério do Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro, na sexta-feira (25).

Mabel deixa o filho, Nicolas, de 1 ano e 11 meses, fruto de seu relacionamento com o também ator João Fernandes.

Veja+: Tatá Werneck se irrita e rebate colocações irônicas

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais