fbpx

Telecine apresenta filmes com diretoras do Globo de Ouro

Não é de hoje que elas brilham no cinema, seja produzindo, dirigindo, escrevendo ou atuando. Mesmo com tanta representatividade, só agora, a 78ª edição do Globo de Ouro reconheceu o talento feminino. Pela primeira vez, a categoria de melhor direção do prêmio foi disputada por três mulheres e dois homens. Para exaltar tanto talento, o Telecine selecionou na sua plataforma produções de três diretoras que concorreram à estatueta ao longo desse tempo: Barbra Streisand, e duas das indicadas em 2021, Regina King e Chloé Zhao, vencedora dessa edição do prêmio.

VOCÊ VIU? Katy Perry e Orlando Bloom se mudam para mansão de R$ 76 mi

Miá Mello vai apresentar talk-show no NatGeo

“Gênesis”: “Enlila é uma rainha psicopata”, diz Maria Joana

Março chega com novidades na programação do GNT

Barbra Streisand foi a primeira diretora a vencer o Globo de Ouro, por “Yentl”, em 1984. No streaming do Telecine, a cinelist que leva o nome da atriz reúne três filmes. “Entrando Numa Fria Maior Ainda Com A Família” é o terceiro filme da franquia e conta as confusões de uma família atrapalhada. Além de Barbra Streisand, o elenco traz grandes nomes: Robert de Niro, Bem Stiller, Dustin Hoffman e Owen Wilson. Na comédia “Minha Mãe É Uma Viagem”, Streisand é uma mãe que aceita o convite do filho para fazer uma longa viagem. A atriz também pode ser assistida em “Bergman – 100 Anos”, documentário que resgata a obra do diretor sueco Ingmar Bergman.

Regina King e Chloé Zhao também fazem parte do seleto grupo de mulheres que disputaram o prêmio de Melhor Direção, na cerimônia que aconteceu neste últio domingo (28). Na plataforma do Telecine, a cinelist Regina King apresenta três filmes em que performa como atriz, a comédia “O Céu Pode Esperar”, a biografia “Ray”, longa baseado na história da lenda musical Ray Charles e a comédia “A Creche do Papai”.

Chloé Zhao, levou a estatueta de melhor direção no Globo de Ouro 2021 e foi a primeira mulher asiática vencedora do prêmio em 37 anos. Ela dirige “Domando o Destino”, que também pode ser assistido no app do hub de cinema. O longa narra a jornada emocionante de um jovem, vivido por Brady Jandreau, para reencontrar sua identidade após sofrer um grave acidente e ficar impedido de participar de rodeios.

E para quem quiser conhecer mais sobre a atuação das mulheres nesses 125 anos da história do cinema, o Telecine reúne na mostra “Pioneiras do Cinema” produções assinadas por Alice Guy-Blaché, primeira mulher cineasta da história, e Lois Weber, popular na era do cinema mudo, entre outros nomes.

Fonte: Famosidades

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais