fbpx

TJDFT assegura distribuição de pontos de questão anulada

Uma candidata a especialista do concurso público da Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes/DF), antiga SEDESTMIDH, teria sido beneficiada sozinha após entrar na Justiça e conseguir a anulação de uma questão da prova, conseguindo dois pontos a mais na classificação.

Porém, mesmo reconhecendo a ausência de resposta correta para a questão, o Ibrae, banca organizadora do concurso, não anulou a questão para os demais candidatos.

Os candidatos se sentiram prejudicados e duas delas resolveram também entrar na Justiça para assegurar que a pontuação fosse dada igualmente a todos, pedindo a anulação da questão nº 20 da prova tipo C e seus correspondentes nos demais tipos da avaliação objetiva.

Segundo a peça dos advogados Cássio Castro, Déborah Mesquita e Bárbara Pertence, o objetivo é que seja conferido tratamento isonômico de critérios de avaliação e correção na prova do concurso; eles ainda pediram a antecipação dos efeitos da tutela recursal para que fosse anulada a questão.

A anulação, muito embora tenha contemplado uma candidata, no âmbito administrativo pelo IBRAE, tal medida não foi estendida administrativamente quanto aos seus efeitos a todos os candidatos, do que se deduz a violação do princípio isonômico Constitucional.

Assim, na semana passada, o juiz de Direito João Luís Fischer Dias julgou o caso a favor da distribuição dos pontos a todos os candidatos. Para embasar sua decisão, o magistrado citou a Lei Distrital nº 4949/2012, que estabelece normas gerais para realização de concurso público pela administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal.

Segundo ele, em especial nos seus incisos I e II, a legislação é clara no sentido de que é vedada a inobservância da isonomia entre os candidatos. “Vejamos: Art. 6º É vedado: I – estabelecer critérios de diferenciação entre candidatos, salvo quando previstos em lei; II – restringir, dificultar ou impedir a moralidade, a isonomia, a publicidade, a competitividade, a seletividade e a razoabilidade do concurso público”.

Além disto, Dias destacou que “pelo próprio princípio da economia processual e da impossibilidade de se decidir de forma diferente para estes ‘terceiros’ é de ser ampliado os efeitos benéficos da decisão”, a fim de alcançar todos os candidatos do concurso.

Em setembro de 2019, a candidata entrou na Justiça pedindo anulação da questão e atribuição dos dois pontos a ela. O Ibrae reconheceu a situação e o juiz sentenciou a favor dela. Depois disso, o TCDF publicou uma decisão afirmando que, de acordo com a Lei 4.949, as questões anuladas não pontuam, elas tem que ser distribuídas entre as demais questões. Antes, cada questão valia dois pontos (eram 20 itens, 40 pontos no total), quando a candidata resolveu entrar com a ação. Neste período, outra três questões foram anuladas. Aí tínhamos 17 questões válidas, agora valendo 2,35 cada, pelo cálculo do TCDF. E isso acabou criando uma situação difícil, porque com o recalculo da nota algumas pessoas, que já haviam passado em várias etapas posteriores e estavam quase no curso de formação, foram eliminadas,” explica Castro. “Aí pedimos então a anulação da questão para todos, aí a pontuação valeria 2,5. Os dois pontos dados à candidata então não existem mais, mas como é questão judicial ela continua com eles”.

Confira o processo aqui. 

Curso Gratuito para Concursos: Combo Essencial 3 em 1

Devido ao Coronavírus, o Gran Cursos Online liberou um Curso Completo Para Concursos Públicos grátis por 100 dias que vai beneficiar 1 milhão de concurseiros que estão com aulas paralisadas em cursos presenciais pelo Brasil.

Concurso SEDES: TJDFT assegura distribuição de pontos de questão anulada
Concurso SEDES: TJDFT assegura distribuição de pontos de questão anulada

EU QUERO

Concurso

De acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDES, ao todo, foram registrados 53.748 inscritos, sendo 27.297 candidatos concorrendo aos cargos de nível médio e 26.451 para as vagas de nível superior.

São quatro editais ofertando 1.884 vagas para cargos de nível médio e superior.

Dessas vagas 314 são para contrato imediato e 1.570 para formação de cadastro reserva.

Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 30 horas semanais para receberem remunerações variando entre R$ 2.600 e R$ 3.599,70.

Os candidatos de nível superior podem optar entre os cargos de especialista em assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia, serviço social, administração, ciências contábeis, comunicação social, economia, estatística e nutrição.

Para nível médio serão ofertadas vagas para técnico administrativo, agente social e cuidador social.

Fonte: blogs.correiobraziliense.com.br

logo 300x300 - Concurso SEDES: TJDFT assegura distribuição de pontos de questão anuladalogo 300x300 - Concurso SEDES: TJDFT assegura distribuição de pontos de questão anulada


O DODF (Diário Oficial do Distrito Federal) é um site com notícias de concursos públicos municipais, estaduais e federais no país inteiro, com atualizações em tempo real e diversas vagas na carreira pública.


Confira em nosso site os Concursos Públicos Abertos em 2020, Concursos Previstos em 2020, Concursos no DF, Concursos Abertos em SP, Concursos Abertos no RJConcursos Abertos em MG, Concursos abertos no RS, Concursos Abertos na Região Sudeste, Concursos Abertos na Região Sul, Concursos Abertos na Região Nordeste, Concursos Abertos na Região Centro Oeste e Concursos Abertos na Região Norte.

(function() {document.getElementById(‘fbc-comments-div’).style.display = ‘none’; if(document.getElementById(‘fbc-comments-text’)) { document.getElementById(‘fbc-comments-text’).style.display = ‘none’ }; document.getElementById(‘ufc-button-div’).style.display = ‘block’; if(document.getElementById(‘poweredby’)) { document.getElementById(‘poweredby’).style.display = ‘none’; }
function ufc_async_load() { document.getElementById(‘fbc-comments-div’).style.display = ‘block’; if(document.getElementById(‘fbc-comments-text’)) { document.getElementById(‘fbc-comments-text’).style.display = ‘block’ }; if(document.getElementById(‘poweredby’)) { document.getElementById(‘poweredby’).style.display = ‘block’ }; document.getElementById(‘ufc-button-div’).style.display = ‘none’;
this.style.display = ‘none’; (function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s);
js.id = id;
js.async = true;
js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&autoLogAppEvents=1&version=v5.0&appId=159038834288397″;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));
};var button = document.getElementById(‘ufc-button’);
if (button.addEventListener) {
button.addEventListener( ‘click’, ufc_async_load, false );
} else if (button.attachEvent) {
button.attachEvent( ‘onclick’, ufc_async_load );
}})();

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!