fbpx

Vale a pena antecipar saque do Imposto de Renda, 13° salário e FGTS?

Se você está no vermelho, pode antecipar o recebimento da restituição do Imposto de Renda (caso ainda não tenha sido contemplado em alguns dos três lotes anunciados), 13° salário, e dentro de pouco tempo, até de parte do valor do FGTS.

Esses recursos podem ser usados como garantia para se livrar de dívidas salgadas, por exemplo, como a do cartão de crédito, ou para sair do cheque especial.

A vantagem da antecipação é se livrar de contas que sobem mais rapidamente do que o juro do empréstimo com garantia. Por exemplo, a taxa cobrada de quem parcela a fatura do cartão pode chegar a quase 300% ao ano, e, do cheque especial, pode passar de 320%. 

Dessa forma, quem antecipa o 13º pagando juro em torno de 36% ao ano, que é a faixa cobrada por alguns bancos de varejo, consegue eliminar dívidas que aumentam como bolas de neve.

Porém, você sabe quais são os prós e contras em antecipar o recebimento desses benefícios? A decisão pode acarretar juros sobre o dinheiro que teria direito de receber de forma integral no futuro. Confira mais logo abaixo:   

Imposto de Renda 

Já na antecipação do Imposto de Renda a regra é semelhante. Para quem não quer, ou não pode esperar, o dinheiro pode ser antecipado junto ao banco, com juros que variam de 2% a 4% ao mês (correm pelo número de meses até que haja a liberação da restituição)

A pessoa precisa estar ciente dos riscos ao antecipar a restituição, porque, se cair na malha fina, não receberá o dinheiro e ainda terá descontado o valor do empréstimo. 

13º Salário 

 Quem antecipa o 13º precisa estar ciente de que, em novembro e dezembro, quando as empresas costumam pagá-lo aos funcionários, não poderá contar com esse dinheiro na conta. O pode ser arriscado no período de gastos extras como as antecipações IPTU e do IPVA.

 Ademais, quem antecipa o recebimento fica sem o dinheiro extra para as férias, compras de Natal e a matrícula escolar dos filhos. 

FGTS 

A Caixa Econômica Federal anunciou o saque aniversário para o FGTS. Quem optar pelo modalidade receberá anualmente uma parte do saldo no seu mês de nascimento. 

No entanto, não vai poder poder sacar o dinheiro em caso de demissão sem justa causa e ficará sem reserva de emergência para imprevistos. 

Veja também: PIS/Pasep: Confira se você recebe já nesta quinta,15, no BB e Caixa 


Fonte: Edital Concursos Brasil

Jornais Virtuais