fbpx

Vamos, Cesp e Movida dobram lucro no 1º tri e WEG lucra 74% mais; Localiza nomeia novo CEO e outras notícias

Fábrica da Weg (Divulgação)

SÃO PAULO – O noticiário corporativo desta quarta-feira é bastante movimentado, com o CPPI (Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos) aprovando na terça-feira resolução que define a atribuição da Eletrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no processo de capitalização da elétrica.

Na temporada de resultados, atenção para os resultados da Cielo, Santander. Além disso, Vamos, Cesp e Movida dobraram o lucro no primeiro trimestre, enquanto a WEG viu o lucro subir 74%. Confira mais destaques:

O CPPI (Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos) aprovou na terça-feira resolução que define a atribuição da Eletrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social no processo de capitalização da elétrica. Segundo a nota enviada ao mercado pela Eletrobras, caberá à empresa realizar a emissão e oferta das ações, após a conversão em lei da Medida Provisória nº 1031/2021, relativa à privatização. O BNDES será o responsável pela execução e acompanhamento do processo de capitalização até o seu encerramento, “devendo prestar apoio à Eletrobras no que for necessário”.

Pelas estimativas do governo, a privatização da Eletrobras renderia R$ 25 bilhões ao Tesouro. Valor da mesma ordem deverá ser aportado pela elétrica na chamada CDE (Conta de Desenvolvimento Energético), um fundo que custeia diversos subsídios embutidos nos custos da energia. O objetivo é aliviar mudanças em tarifas.

A produção de petróleo da Petrobras somou 2,196 milhões bpd (barris por dia) no primeiro trimestre, queda de 5,3% na comparação com o mesmo período de 2020, com efeito de desinvestimentos e de declínio natural de campos maduros, informou a companhia na terça.

A produção total de petróleo e gás natural, por sua vez, somou 2,765 milhões boe/d (barris de óleo equivalente ao dia), queda de 5% ante um ano antes.

O Morgan Stanley ressaltou que a taxa e utilização no parque de refino da Petrobras ficou 175 pontos-base acima de suas expectativas.

O banco mantém avaliação equal weight (expectativa de valorização dentro da média do mercado) para a Petrobras, ressaltando a percepção de intervenção do governo nos últimos meses, que leva a preocupação quanto à independência da gestão que, avalia, pode prejudicar a política de combustíveis da empresa.

O Morgan diz que, mesmo se nos próximos meses não houver mudanças em relação à estratégia anterior da empresa, é provável que volatilidade e sentimento continuem a dominar o debate sobre a empresa. O Morgan Stanley mantém preço-alvo em US$ 8,5 para os ADRs PBR, negociados na Bolsa em Nova York e equivalente aos ordinários.

A Cielo registrou lucro líquido de R$ 241,3 milhões para o primeiro trimestre, crescimento de 44,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Por outro lado, excluindo efeitos não recorrentes, a Cielo teve lucro líquido de R$ 135,8 milhões no primeiro trimestre, quedas de 54,5% sobre o período de outubro a dezembro do ano passado e de 18,6% ante o primeiro trimestre de 2020.

Já a receita líquida de R$ 2,72 bilhões entre janeiro e o fim de março, queda de 9,9% na comparação com o quarto trimestre de 2020 e recuo de 3,8% na relação anual.

O Morgan Stanley destaca que o lucro líquido recorrente da Cielo ficou 33% abaixo de sua estimativa e 28% abaixo do consenso.  O banco diz que os volumes de transações abaixo do consenso, aliado à notícia de que CEF e Fiserv estão se articulando por uma oferta pela compra da empresa, devem colocar as ações sob pressão. O banco mantém avaliação equal-weight e preço-alvo de R$ 4,50, frente aos R$ 3,65 de fechamento na terça.

O Bradesco BBI, por sua vez, apontou que o resultado ficou 33% abaixo de sua expectativa, e 20% abaixo do consenso do mercado. O banco avalia que os resultados da Cateno, joint venture da Cielo com o Banco do Brasil, foram pressionados por gastos operacionais elevados, e que a Me-S continua a divulgar perdas fortes.

O banco diz que, dependendo das tendência macroeconômicas de curto prazo, a Cielo pode se beneficiar de uma estrutura mais enxuta e gastos mais normalizados da Cateno. Uma valorização maior depende de certos eventos corporativos. O BBI mantém recomendação neutra para a Cielo, com preço-alvo de R$ 5, frente aos R$ 3,65 negociados na terça.

O Credit Suisse classificou os resultados divulgados pela Cielo como negativos, devido ao desempenho abaixo do esperado nas divisões Cielo Brasil e Cateno. Assim, o banco mantém uma visão cautelosa sobre as ações da Cielo, com avaliação neutra e preço-alvo de R$ 4,80.

Santander Brasil (SANB11)

O Santander Brasil apresentou lucro líquido gerencial, que não considera ágio de aquisições, de R$ 4,012 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 4,1% maior que no mesmo período de 2020.

A carteira de crédito ampliada encerrou março com R$ 497,566 bilhões, 2,9% menor que no final do ano passado. Na comparação anual, a carteira se expandiu em 7,4%. O custo do crédito subiu de 2,5%, no último trimestre de 2020, para 2,6% nos três meses encerrados em março.

A inadimplência acima 90 dias se manteve estável em 2,1% na comparação com o período imediatamente anterior. Já os empréstimos em atraso de 15 a 90 dias cresceram de 2,8% para 3,6%, entre os dois últimos trimestres. As despesas com provisão para créditos de liquidação duvidosa, as chamadas PDDs, somaram R$ 3,914 bi no primeiro trimestre deste ano, 8,45% mais que no último trimestre de 2020.

Os ativos totais detidos pela subsidiária brasileira do banco espanhol se retraíram em 2,2% se comparados a um ano antes e encerraram o primeiro trimestre em R$ 978,15 bilhões. O patrimônio líquido, por sua vez, avançou 7,4% na mesma comparação, e alcançou R$ 77,763 bilhões no período encerrado em março.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE, na sigla em inglês) ficou em 20,9%. Estável em relação ao trimestre anterior, mas inferior aos 22,3% registrados um ano antes. A margem financeira bruta foi de R$ 13,422 bilhões nos três primeiros meses deste ano, 8,3% maior que nos últimos três do ano passado. O índice de eficiência foi a 35,2% no primeiro trimestre de 2021, o melhor na história do banco. O índice de Basileia cedeu ligeiramente, de 15,3% para 15,2%, entre o final do ano passado e o início deste.

O Morgan Stanley destacou que o lucro ficou acima de sua estimativa, de R$ 3,686 bilhões, apontando que o banco teve outro trimestre com “execução administrativa sólida”. Assim, reitera sua avaliação overweight (expectativa de valorização acima da média do mercado) para o banco e preço-alvo de US$ 10 para o ADR, frente aos papéis BSBR negociados por US$ 6,91 na terça na Bolsa de Nova York.

O banco ainda anunciou o pagamento de R$ 3 bilhões em dividendos na véspera, sendo R$ 2,8 bilhões em dividendos intercalares e R$ 200 milhões em intermediários.

O valor por ação ordinária é de R$ 0,382980827307300000, R$ 0,421278910033900000 por ação preferencial e R$ 0,804259737341200000 por units, a ser pago a partir de 2 de junho de 2021. As ações passam a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 10 de maio.

A Vamos teve lucro líquido recorde de R$ 73,2 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 100,3% em relação aos R$ 36,6 milhões do mesmo período de 2020.

A locadora de caminhões atribuiu o desempenho positivo ao “forte crescimento orgânico em todos os segmentos de negócio”. No trimestre, a receita líquida consolidada, incluindo venda de ativos, subiu 76,1% na base anual, a 520,4 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) teve alta de 47%, a R$ 204 milhões no primeiro trimestre.

O Bradesco BBI destaca que o lucro ficou acima de sua expectativa, de R$ 63 milhões, e aponta ainda que os resultados foram impulsionados por alta nas receitas de concessionárias, com mais vendas de maquinário agrícola e de caminhões.

O banco mantém recomendação outperform (expectativa de valorização acima da média do mercado) e preço-alvo de R$ 40, frente aos R$ 38,66 negociados na terça, devido aos resultados acima do esperado.

A elétrica Cesp, controlada pela Votorantim Energia e pelo fundo canadense CPPIB, teve lucro líquido de R$ 115,6 milhões, 115% superior frente igual período do ano passado.

A receita da geradora de energia somou R$ 556,9 milhões, alta de 20,9% antes os três primeiros meses de 2020.

O Credit Suisse afirmou que os dados da Cesp ficaram abaixo da expectativa, principalmente devido a custos maiores de compra de energia. Mas ressalta que os resultados foram impulsionados por ganhos não recorrentes pela reversão de provisões.

O banco afirma que a alta na receita líquida fica acima de sua expectativa, de 15,5%. Mas destaca que a alta de 139% nos custos totais, na comparação anual, ficam 69,7% acima de sua expectativa. O banco afirma que a alta de 0,9% nas despesas com pessoal, material, serviços e operações fica 7,7% abaixo de sua expectativa, beneficiadas por uma reversão de provisões e prejudicadas por gastos com depósitos judiciais.

Os gastos financeiros acima do esperado prejudicaram a dívida líquida, que atingiu R$ 1,1 bilhão, queda de 8,7% na comparação trimestral. O banco mantém recomendação outperform (expectativa de valorização acima da média do mercado), e preço-alvo de R$ 35,7, ante os R$ 25,37 de fechamento na terça para os papéis CESP6.

O Itaú BBA afirma que o Ebitda recorrente da Cesp no primeiro trimestre, de R$ 263 milhões, fica em linha com sua estimativa, de R$ 267 milhões, mas destaca que ficou 15% menor do que o do trimestre imediatamente anterior. O Itaú mantém avaliação outperform e preço-alvo de R$ 38.

O Morgan Stanley afirma que o Ebitda ajustado da Cesp  fica 10% abaixo de sua expectativa, e 5% abaixo do consenso do mercado, principalmente devido a despesas maiores com compra de energia. A receita líquida de R$ 116 milhões foi afetada por itens não recorrentes. Excluindo esses efeitos, seria de R$ 10 milhões, abaixo de sua estimativa e daquela do consenso do mercado, principalmente devido a despesas financeiras acima do esperado. Apesar disso, o banco mantém recomendação overweight para a Cesp, destacando a “postura defensiva da Cesp como um ator puramente geracional”, com preço-alvo de R$ 34 para os papéis CESP6.

A elétrica Cesp também teve negado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) na terça um pedido de liminar apresentado em meio a uma disputa bilionária com a União. A companhia buscava obrigar a União a iniciar de imediato o pagamento do que considera ser o “valor incontroverso” de uma indenização pela não renovação do contrato de sua hidrelétrica Três Irmãos, mas teve um pedido de liminar rejeitado.

O BBA diz que vê a decisão do STJ como negativa, mas destaca que não afeta a principal discussão em curso na primeira instância.

A WEG, fabricante de equipamentos, lucrou R$ 764,2 milhões no primeiro trimestre, valor 74% superior frente os R$ 440 milhões em igual período de 2020. Entre os fatores para alta, a melhora da demanda do mercado externo, o crescimento da receita no mercado interno e a variação de quase 23% do dólar frente ao real, que teve efeitos na receita obtida no exterior.

A receita, por sua vez, subiu 37%, a R$ 5,07 bilhões. A maior parte do faturamento (54%) teve como origem o mercado doméstico; o aumento foi de 38,4% com maior venda de produtos de equipamentos de ciclo curto — de menor porte e fabricados em série.

No mercado externo, a receita teve alta de 35%. As vendas para a área de equipamentos eletroeletrônicos na China e para a área de motores comerciais nas Américas foram alguns dos destaques do período.

Indústrias Romi (ROMI3)

A Indústrias Romi teve lucro líquido de R$ 20,7 milhões, queda de 49,2% na base de comparação anual. Por outro lado, em termos ajustados, o lucro líquido subiu 325,7% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

A receita operacional líquida da Indústrias Romi foi de R$ 222,6 milhões, um aumento de 34,2% na comparação anual.

A Movida teve lucro líquido da empresa de R$ 109,5 milhões no primeiro trimestre, praticamente o dobro do apresentado no primeiro trimestre de 2020, quando atingiu R$ 55,1 milhões.

Os ganhos foram impulsionados pelo avanço da tecnologia em canais digitais e pela retomada na demanda por carros alugados e seminovos.

A receita líquida total chegou a R$ 805 milhões no primeiro trimestre de 2021, queda de 20% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. O Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações ajustado (Ebitda, na sigla em inglês), por sua vez, ficou praticamente estável na comparação com o último trimestre de 2020, atingindo R$ 304,5 milhões, retração de 0,3%. Mas o salto foi de 35,3% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Veja mais clicando aqui. 

O Bradesco BBI afirma que o Ebitda reportado pela Movida para o primeiro trimestre está em linha com sua expectativa e com aquela do mercado. O banco destaca a adição líquida de 4.145 carros, a depreciação de R$ 839 por carro na divisão de aluguel de carros, frente a R$ 2.967 em 2020, e a margem Ebitda recorde da divisão de seminovos, em 13,2%, alta de 12 pontos percentuais na comparação anual. O banco mantém recomendação outperform e preço-alvo para 2021 em R$ 30, frente aos R$ 16,99 negociados na terça.

O Credit Suisse classificou os resultados da Movida como fortes, com retorno sobre capital investido e grau de alavancagem financeira acima do esperado. O setor de seminovos veio, porém, abaixo da estimativa, apesar de margens mais altas devido a volumes mais baixos. O Ebitda consolidadoficou 5% abaixo da expectativa do Credit, apesar de o Ebitda excluindo seminovos ficar 10% acima. A receita líquida de R$ 110 milhões foi impactada por custos não recorrentes de R$ 25 milhões devido a taxas ligadas ao pagamento de dívida. O Credit mantém recomendação neutra (expectativa de valorização em linha com a média do mercado) para a Movida, com preço-alvo de R$ 22.

Localiza (RENT3)

A Localiza informou que seu conselho de administração nomeou Bruno Lasansky como seu novo presidente-executivo, no lugar de Eugênio Mattar, que passa a ser presidente-executivo do conselho da empresa de locação de veículos e gestão de frotas.

A assembleia de acionistas aprovou a proposta de pagamento de dividendos complementares no valor de R$ 18,1 milhões.

Aprenda como ganhar dinheiro prevendo os movimentos dos grandes players. Na série gratuita Follow the Money, Wilson Neto, analista de investimentos da Clear, explica como funcionam as operações rápidas.

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais