fbpx

Van Dijk festeja feito inédito após superar Messi e Ronaldo com folga em votação – Esportes

Principal referência da defesa do Liverpool que se consagrou campeã continental neste ano, o holandês Virgil van Dijk fez história nesta quinta-feira, em Montecarlo, ao se tornar o primeiro zagueiro a ser eleito o melhor jogador da Europa pela Uefa. A entidade começou a promover anualmente esta premiação em 1998, ano em que o ex-atacante Ronaldo foi escolhido o principal craque do continente, então com a camisa da Inter de Milão.

E Van Dijk ainda faturou esta honraria ostentando uma larga vantagem sobre Lionel Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, da Juventus, outros dois finalistas ao prêmio, na votação da entidade europeia. Ele contabilizou 305 pontos nesta eleição, enquanto o astro argentino ficou em segundo lugar, com 207, e a estrela portuguesa terminou em terceiro, com 74.

Desde a instituição da premiação, iniciada há 21 anos, apenas uma vez um jogador que não era meio-campista ou atacante foi eleito o melhor jogador da Europa. Trata-se do goleiro italiano Gianluigi Buffon, em feito obtido em 2003, quando já defendia a Juventus.

Ao celebrar o seu feito, Van Dijk evitou ficar se vangloriando e dividiu o mérito do seu prêmio com seus companheiros de Liverpool. “Antes de tudo, acho que preciso agradecer a todos os meus colegas de equipe. Sem todos eles e sem o clube, não teria conseguido o que consegui ao longo do ano passado, especialmente. E agradeço à minha família, é claro”, afirmou o holandês logo após receber o troféu de melhor da Europa.

E o atleta, que também foi eleito o melhor defensor da Europa nesta premiação, lembrou que não foi nada fácil para ele alcançar este status. “Tem sido um longo caminho, mas isso faz parte da minha jornada, faz parte de quem eu sou. Eu precisava disso assim, não sou um jogador que tem 18 anos e teve essa ascensão imediatamente. Eu tive de trabalhar duro para a cada passo do caminho – isso faz parte de mim e estou muito feliz com isso”, comemorou. “Estou muito orgulhoso de receber este troféu e dou todo o crédito para todos que me ajudaram ao longo do caminho”, reforçou.

Messi, por sua vez, foi eleito o melhor atacante da Europa nesta temporada 2018/2019 e também dividiu a honraria com os jogadores do time do Barcelona. “Quero dedicar este prêmio aos meus companheiro de equipe, porque sem eles não poderia ter conseguido neste último ano (temporada europeia)”, destacou. “A cada ano o objetivo é esse, tratar de me superar tanto a nível individual, no qual tentarei seguir dando o melhor, como a nível de grupo, com quem tentarei conseguir os objetivos que estabelecemos no início da temporada”, completou.

RONALDO X MESSI – Já Cristiano Ronaldo esbanjou simpatia durante a premiação desta quinta-feira no Principado de Mônaco, em cerimônia na qual também foram sorteados os grupos da próxima Liga dos Campeões. Embora tenha sido superado por Messi nas votações que elegeram o melhor da Europa e o melhor atacante, ele disse que sente falta dos confrontos que travava com o argentino do Barcelona enquanto estava defendendo o Real Madrid, time que deixou após o final da temporada 2017/2018.

“Sinto falta de jogar na Espanha. Tivemos essa batalha durante os últimos 15 anos. Eu acho que o ajudei a crescer e ele me ajudou. Isso me ajudou a crescer, e é bom fazer parte da história do futebol”, reconheceu o português da Juventus, falando em inglês aos presentes, para depois lembrar que tem uma “boa relação” com Messi. “Ainda não jantamos, mas no futuro seria legal”, brincou, arrancando sorrisos do argentino.

QUEM VOTOU – O júri desta eleição foi formado pelos 80 técnicos que participaram das fases de grupos dos dois principais interclubes do continente na temporada 2018/2019, sendo 32 deles da Liga dos Campeões e 48 da Liga Europa, além de 55 jornalistas selecionados pelo grupo European Sports Media (ESM), um de cada associação filiada à Uefa.

O senegalês Sadio Mané e o egípcio Mohamed Salah, ambos atacantes do Liverpool, ficaram logo abaixo do trio de finalistas ao prêmio de melhor jogador da Europa, com 51 e 49 pontos, respectivamente.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!