fbpx

veja como montar o seu

Mutas pessoas passaram a estudar mais para concursos públicos, especialmente durante a
quarentena, que proporciona mais tempo em casa. Mas, a falta de um cronograma de estudos para concursos adequado pode interferir nos resultados de seus planos.

E com a pandemia de coronavírus (COVID-19), infelizmente houve muitas demissões e reduções em rendas, passando a despertar mais interesse nas pessoas em  ingressar em um cargo público. Mas independentemente se você começou a estudar e se preparar para concursos, é preciso se organizar.

E para auxiliar os concurseiros, veja como montar o seu cronograma para estudar para concursos, com informações do blog Ache Concursos.

O que é um cronograma de estudos?

 

O cronograma é uma tabela ou uma outra representação visual, que tem a sequência de atividades ou planejamento de matérias a serem estudadas durante um determinado período. Podendo ser divido por dias ou semanas.

Assim, o concurseiro pode inserir os horários do dia e os dias da semana que serão divididos por tarefas ou disciplinas a serem estudadas. É como uma agenda, mas no cronograma você pode personalizar como serão feitas as tarefas de acordo com as suas necessidades.

Como criar um cronograma de estudos

Separe um momento para criar o seu cronograma. Divida as matérias que vai estudar, com base no edital do concurso escolhido. Considere o peso de cada matéria para sua prova, seu nível de conhecimento de cada matéria, a necessidade de estudos ou revisão de tópicos,

Você Pode Gostar Também:

Mas não há uma fórmula padrão com uma divisão igualitária entre as matérias. A divisão de matérias em um plano de estudos é uma questão muito pessoal e deve considerar a sua rotina e aprendizado.

Mas uma dica comum de concurseiros é que estudar uma matéria por dia é mais produtivo do que estudar várias matérias num único dia.

Ou seja, ao invés de estudar 5 disciplinas diferentes por dia, durante 2 horas diárias, estude 1 matéria diferente por dia durante essas duas horas. Ou seja, o estudante estuda uma matéria por dia num período de 5 dias. Após, reinicia o ciclo de estudos.

Quantas horas estudar?

Este é outro ponto pessoal que você deve considerar. Existem concurseiros que conseguem estudar apenas 1 hora por dia, enquanto há outros concurseiros que possuem disponibilidade para estudar mais de 8 horas por dia.

Portanto, independentemente das horas que você estuda por dia, o que importa é a qualidade e a frequência dos estudos. Pois não adianta criar um cronograma com 6 horas diárias de estudo se você consegue efetivamente estudar só 3 horas.

Ao planejar estudar mais tempo do que você realmente consegue, ao chegar no fim do dia você estará frustrado porque não conseguiu estudar a quantidade planejada.

Matérias a estudar

Independentemente se seu concurso já foi aberto ou não, algumas matérias como português devem ser estudadas de qualquer maneira, uma vez que é uma disciplina exigida em praticamente 95% dos concursos públicos atualmente.

As matérias dos estudos para concursos devem ser adicionadas ao seu cronograma conforme a área escolhida, por exemplo: se você estuda para a área fiscal, a probabilidade do edital conter as disciplinas de direito tributário, direito administrativo , constitucional, contabilidade é muito alta.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais