Volta da Ponte tem emoção por Thalles e explicação sobre salários atrasados – Esportes

A reapresentação do elenco da Ponte Preta após duas semanas de folga por conta da Copa América aconteceu nesta segunda-feira, no CT do Jardim Eulina. A alegria, até pelo bom momento do time no Campeonato Brasileiro da Série B, deu lugar para emoção. O clima era de tristeza por conta da morte do atacante Thalles na manhã do último sábado, em um acidente de moto no Rio.

Antes de a bola rolar no gramado, jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes se reuniram no vestiário. Lá, houve reza e aplausos em homenagem a Thalles. Muitos jogadores choraram, assim como o presidente José Armando Abdalla, que comentou pela primeira vez sobre o acontecido.

“A consternação tomou conta de toda nação ponte-pretana. Tivemos agora no vestiário uma conversa, orações, para que a gente possa emanar todos juntos uma corrente para iluminar o caminho do Thalles. Foi um momento de muita emoção. Ele era uma figura muito alegre, de bem com a vida. Na Ponte Preta, foi um atleta cumpridor das suas obrigações. A gente só lamenta a partida precoce”, disse o mandatário.

SALÁRIOS ATRASADOS – A morte de Thalles, porém, não foi o único assunto que Abdalla precisou comentar nesta segunda-feira. O presidente confirmou que os atrasos nos salários dos jogadores vai completar dois meses nesta terça, quando a diretoria prometeu pagar todos direitos de imagem. Já o prazo para quitar o valor na carteira de trabalho é de dez dias.

“Conversamos com os jogadores são trabalhadores e merecem ter o pagamento em dia. Estamos com os salários atrasados desde o último dia 25 e na reunião acertamos que amanhã estamos pagando os direitos de imagem de todos e ficamos de pagar no prazo de dez dias o que eles recebem do CLT. A ideia é entrar no mês que vem tudo zerado. Temos que honrar esse compromisso”, explicou Abdalla.

Para “aliviar” o caixa e ter as contas em dia até o fim da Série B, a Ponte Preta deve negociar suas duas principais revelações dos últimos anos: o goleiro Ivan e o lateral-esquerdo Abner. Em alta no mercado, os dois estão recebendo sondagens de clubes brasileiros e europeus.

Na quarta colocação da Série B, com 15 pontos, a Ponte volta a campo em 12 de julho, contra o Oeste, às 21h30, no Moisés Lucarelli, pela nona rodada.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: