fbpx

Wall Street volta a apostar bilhões em mineradoras de ouro

(Bloomberg) – Há um ano, seria muito difícil fazer com que Wall Street tocasse a maioria das ações de mineradoras de ouro. Agora, os investidores apostam bilhões no setor.

Mineradoras de metais preciosos, antes consideradas muito alavancadas e de alto risco para o investidor típico, captaram US$ 2,4 bilhões em ofertas secundárias de ações durante o segundo trimestre, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. É o maior valor desde 2013 e sete vezes mais do que os fundos levantados um ano antes.

A crise de Covid-19 ameaça economias no mundo todo mundo, e os preços do ouro sobem na esteira de programas monetários e de estímulo. Com isso, empresas de metais preciosos tornaram-se as queridinhas da comunidade de investimentos. O setor, que antes chamava a atenção principalmente de fundos especializados, agora atrai uma ampla base de investidores.

“De repente, estamos vendo um interesse real de generalistas”, disse Bryan Slusarchuk, diretor-presidente da Fosterville South Exploration, cuja empresa planeja prospectar ouro na Austrália. “Se isso continuar, pode ser apenas o começo de um incrível ‘bull market’ para as ações de ouro”, disse em referência a um período prolongado de ganhos.

Leia também:
• Ativos de risco entram em ‘zona de perigo’ nos próximos meses

O mercado de mineradoras de ouro tem sido dominado pelas duas principais gigantes, Newmont e Barrick Gold, e investidores procuravam evitar outros concorrentes. Isso porque os balanços eram muito alavancados ou as empresas tinham poucas minas e projetos para distribuir o risco. Muitos também se lembram das baixas contábeis que se seguiram à queda nos preços do ouro de 2013.

Pequenas

Mas mineradoras de menor porte começam a se beneficiar. É o caso da American Pacific Mining, uma empresa de exploração e mineração de ouro com capitalização de mercado inferior a US$ 20 milhões. A empresa levantou US$ 3 milhões no segundo trimestre, seis vezes mais do que havia planejado inicialmente. O interesse foi tão grande que teve que recusar ofertas por mais, disse o CEO Warwick Smith.

“Os ‘big boys’ jogam primeiro, e então esse dinheiro goteja até as menores, as empresas de exploração”, disse.

A Revival Gold, uma empresa de exploração com sede em Toronto, disse na terça-feira que vai aumentar sua oferta pública anunciada anteriormente em 3 milhões de dólares canadenses (US$ 2,2 milhões) em meio à “forte demanda” dos investidores.

O preço do ouro à vista subiu 1,3% na terça-feira, para 1.841,94 dólares a onça, negociado perto do nível mais alto em quase nove anos.

Aprenda a identificar as ações com maior potencial de valorização: assista à série gratuita Stock Picking – A Habilidade mais Valiosa do Mercado

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!