fbpx

Walter marca no fim e Athletico-PR vence fora de casa na Libertadores – Esportes



E deu Athletico-PR em Cochabamba! Depois de ficar duas vezes atrás do placar, o time virou para cima do Jorge Wilstermann e venceu por 3 a 2 na noite desta terça-feira, pela terceira rodada do Grupo C da Copa Libertadores.




O resultado deixa a equipe brasileira dividindo a liderança do grupo com o Colo-Colo, justamente seu próximo adversário, na próxima quarta-feira, em Curitiba. Já o Jorge Wilstermann atua um dia depois, contra o Peñarol.



O jogo

Talvez por conta da altitude de Cochabamba, o Athletico começou a partida um pouco atordoado. E levou muita pressão no início. Aos 6, Santos salvou o time ao defender chute cruzado de Serginho.


Pouco mais tarde, aos 9, não deu para o goleiro. Após lançamento longo, Gilbert Álvarez ganhou na velocidade, tirou Santos e mandou para o fundo do gol.


Porém, a desvantagem parece que fez bem ao time brasileiro, que passou a dominar as ações. E tinha em Lucho González sua grande arma. Aos 18, ele errou o tempo da bola e por pouco não marcou. Aos 29, o argentino conseguiu cabeçada forte e exigiu uma grande defesa de Giménez.


E aos 39, ele marcou, em pênalti sofrido por Fabinho. A virada quase veio aos 42, mas Giménez mais uma vez salvou os bolivianos.


Segundo tempo

O time da casa voltou a ficar à frente aos 10. Após belíssima jogada do ex-jogador do Santos Pato Rodríguez, Serginho completou para o gol e recolocou o Wilstermann em vantagem.


O 2 a 1 contra fez com que o técnico Eduardo Barros decidisse mexer no time. Para isso, colocou em campo os jovens Pedrinho e Ravanelli. E o sangue novo deu resultado!


Aos 27, Christian fez bela jogada individual, tabelou com Fabinho e marcou um belo gol.


Por pouco o Jorge Wilstermann não voltou à frente aos 37. Arrascaita cabeceou e Santos fez uma excelente defesa para salvar o Athletico.


Tudo melhorou para o time brasileiro a partir daí, quando o experiente atacante Walter entrou em campo. No minuto seguinte, o Wilstermann ficou com um a menos, já que Serginho foi expulso.


E já aos 45, quando o empate parecia inevitável, Jonathan fez a jogada pela direita e cruzou na medida para Walter marcar o seu primeiro gol na volta ao futebol, após muito tempo suspenso por doping. 


Barrichello e jornalista comemoram 6 meses juntos: ‘Coração acelerado’


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!