fbpx

XP eleva preço-alvo para Equatorial (EQTL3) e recomendação de neutra para compra, incorporando aquisições recentes

A XP Investimentos revisou sua recomendação de neutra para compra para a ação da Equatorial (EQTL3), com preço-alvo de R$ 30, ante preço-alvo de R$ 24 do último relatório, incorporando todas as aquisições recentes da companhia. O novo target corresponde a um potencial de alta de 25% em relação ao fechamento de segunda-feira (25).

Em relatório, assinado pelos analistas Victor Burke e Maíra Maldonado, a XP Investimentos destaca que a companhia não dá qualquer indicação de recuo no seu ritmo quando se trata de aquisições.

Isso porque embora oportunidades em distribuidoras de energia possam parecer escassas, a recente entrada da companhia no setor de saneamento demonstrou que outros alvos de infraestrutura também estão no jogo.

Devido a sua expertise, a XP acredita que a Equatorial tem uma forte vantagem a ser capturada na CEEE, uma boa comunicação com a ANEEL que pode render um resultado melhor do que o esperado na revisão tarifária da CEA e outras economias de custos gerenciáveis (PMSO).

A corretora também vê uma taxa de retorno (TIR) real atrativa de 8,6% para a Equatorial nos preços atuais de mercado.

Além disso, os analistas ressaltam que, no segmento de distribuição de energia, as empresas são naturalmente protegidas contra a inflação.

“Isso porque a Parcela B da tarifa de energia, que engloba os custos gerenciáveis pela distribuidora (custos operacionais, taxa de depreciação, remuneração do investimento e outras receitas), são reajustados pelos índices inflacionários nos reajustes tarifários anuais. Os demais componentes da tarifa de energia, Parcela A e impostos, são apenas um repasse e não impactam a rentabilidade da Equatorial”, avaliam.

Olhando para os investimentos non-core, todas as linhas de transmissão estão em plena operação e o investimento em saneamento tem um perfil de risco menor dado: (i) a parceria da Equatorial com um player privado com experiência no setor; (ii) a baixa complexidade dos investimentos quando se considera a topografia plana do terreno; e (iii) potenciais sinergias comerciais a serem exploradas entre os clientes de distribuição e saneamento do Amapá.

“Além disso, a empresa foi vocal no passado de um potencial investimento no segmento de geração de gás, portanto, poderíamos esperar uma maior diversificação a qualquer momento. Em suma, vemos a diversificação das receitas como positiva, ao mesmo tempo que introduz mais resiliência ao seu perfil de crescimento”, apontam.

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais