Zagueiro da Seleção Brasileira critica organização da Copa América

Thiago Silva é mais um a criticar torneio internacional (Foto: Pedro Martins/MoWa Press)

Thiago Silva é mais um que entra para a lista de críticos da organização da Copa América. O zagueiro não poupou palavras em entrevista coletiva concedida no último sábado, falando sobre a condição dos gramados, logística do torneio e até mesmo do preço dos ingressos.

“Em termos de gramado, todos vocês sabem a condição que eles estão. Não só nós reclamamos, como outros também. É o mínimo que teria que ser feito para termos bons jogos, um público maior de repente. Ingresso mais barato… enfim. Logística de hotel, em dia de jogo, também está sendo muito difícil, principalmente em São Paulo”, afirmou o defensor, exemplificando.

“Em dia de treino que fazemos reconhecimento (do campo), levamos uma hora pra chegar ao local. Poderia ter sido feito mais, mas espero que, para as próximas vezes, isso venha ao caso. O primordial de tudo é ter um bom gramado. Muito se fala das equipes, mas infelizmente o chutão é necessário. Nossa equipe procura jogar mesmo com o gramado ruim, mas corremos riscos”, completou.

“Isso facilita para as equipes que não querem jogo. Com campo ruim, você não consegue manter seu ritmo de jogo, porque por vezes você faz escolhas erradas, o gramado atrapalha”, concluiu.

Thiago Silva estendeu suas críticas ao modelo de disputa do torneio, revelando não entender o motivo da prorrogação só entrar em cena a partir da fase semifinal. “Não entendo. Uma competição importante como essa, não entendo não ter prorrogação nas quartas e ter nas semifinais. Ou coloca ou não coloca”, finalizou.


Gazeta Esportiva

  • separator

Fonte: TERRA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: